Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
japorã

Prefeito denuncia que índios comem cachorro para não abater gado em terras ocupadas

31 Out 2013 - 13h00

Em visita a Campo Grande, o prefeito de Japorã, Vanderlei Bispo (PT), denunciou aos deputados estaduais em sessão desta quinta-feira (31) na Assembleia Legislativa, que os índios de sua região têm se alimentado de cachorros, para não abater gados de propriedades rurais que estão ocupadas.

“Em Japorã não ocorre violência nas ocupações como dizem. Não ocorre roubos. Pasmem, eu vi indígenas abatendo cachorros para se alimentar e não abater o gado do produtor. Os índios não querem conflitos, eles querem um lugar que possam cultivar, trabalhar e criar suas famílias”, afirmou.

Segundo o prefeito em apenas uma fazenda que está ocupada houve o abate ilegal de 10 cabeças de gado por pessoas que não participavam da ocupação e sem o consentimento dos indígenas que lá estavam.

“E olha que neste local tem cinco mil indígenas cercados de gado. Até ontem, por volta do meio dia que eu estive lá andando pelas aldeias, não há nenhum registro de refém ou violência nos locais ocupados”, destacou Bispo.

O prefeito de Japorã compartilha da ideia de solução para os conflitos pela terra que é o ressarcimento aos produtores que tiverem as propriedades doadas aos indígenas. “Se qualquer proprietário ouvir os indígenas, eles precisam da terra e o fazendeiro precisa do dinheiro. Não estamos dando a terra somente por questão indigenista, mas sim por questão de vida”, alegou.

O petista ainda criticou o Governo Federal. “A mesma União que deu o título de propriedade é a mesma que agora fala que é indígena. Lá em Japorã os índios só pedem 7 mil hectares. Tem uma propriedade que a prefeitura fez um convênio e preparou a terra para eles plantaram e a Funai entraria com as sementes, mas até hoje nenhuma semente chegou lá. Tudo para o índio é mais difícil”, argumentou.

Para exemplificar, o prefeito concluiu sua fala explicando que o Goveno Federal tem exigido o documento Dapi, que comprova ser produtor rural para os índios e já não exige mais aos produtores rurais assentados pelo Incra-MS.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Plantão
Grande incêndio atinge áreas de terras em frente a entrada do município de Jatei -MS
Fotos: Téo Pini, Agesul e CBMMS  AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Bombeiros e Agesul atuam para preservar pontes, vegetação e moradias de ribeirinhos no Pantanal
João Prestes, Comunicação Semadesc AÇÕES DO GOVERNO DE MS
MS já aplicou R$ 54 milhões em multas por incêndios no Pantanal, e mutirão vai acelerar processos
Curativos nos ferimentos da vítima, que já está em casa com a família. (Foto: Direto das Ruas) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS TENTATIVA DE FEMINICÍDIO
TENTATIVA DE FEMINICÍDIO: Homem mandou ex-mulher dar 'último beijo' no filho antes de esfaqueá-la
Incêndios são controlados pelos bombeiros (Divulgação, CBMMS) FOGO NO PANTANAL
Ponte é destruída por incêndio de grandes proporções no Pantanal sul-mato-grossense; veja VÍDEO

Mais Lidas

FOTOS: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWSJATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA 2024
Atração nacional: Fogueira gigante de Jateí entra na fase final de levantamento
FRIO - FOTO: O CORREIO NEWSINVERNO CHEGANDO
Inverno chega nesta quinta-feira com pancadas de chuva e temperatura baixas, confira a previsão
FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede do senhor Valmir Brito, pai das professoras da REME Vilma e Vanilda
Anne Carolline Barros, de 25 anos, morreu no início da tarde desta segunda-feira (17) (Foto: Reprodução Rede social) - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWSACIDENTE FATAL
TRAGÉDIA: Médica recém-formada morre após colisão em poste
Evento
Veja a galeria de fotos do dia 15/06 público e show do Detonautas em Vicentina 37 anos