Menu
SADER_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
Anaurilândia

Policiais acusados de torturar adolescente de 16 anos são presos em Anaurilândia

11 Fev 2014 - 14h25Por MS Record

O Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu na tarde desta segunda-feira (10) três policiais militares acusados de torturar um adolescente de 16 anos em Anaurilândia, a 366 quilômetros de Campo Grande. O jovem Bruno Gabriel Olavo da Silva morreu no último dia 7 de janeiro após ter sido perseguido e supostamente agredido pelos policiais para que confessasse furtos.

De acordo com as investigações do Ministério Público do Estado (MPE) de Mato Grosso do Sul, os militares realizavam patrulhamento após receber a informação de furtos de duas motocicletas praticados por jovens do município. Bruno, ao avistar a viatura policial chegando à sua casa, fugiu a pé, pulando muros de residências, e se embrenhando em terrenos baldios.

Na ocasião, os policiais militares Daniel Caldeira de Oliveira, Daniel Paes da Fonseca e Lindolfo Lemes Fernandes Júnior, que se encontrava de folga e à paisana, alcançaram o adolescente depois de cerca de 200 metros, e teriam passado a agredi-lo, com o objetivo de obter dele a sua confissão ou informações sobre os furtos. 

Ainda de acordo com o MPE, a violência física foi tamanha que a vítima não conseguiu caminhar até a viatura. O adolescente foi então carregado pelos militares até a viatura e encaminhado à delegacia, mesmo sem mandado de apreensão ou situação de flagrância.

Na delegacia, os policiais militares teriam deixado o adolescente em uma cela e ido à procura de outros suspeitos dos furtos. Bruno, passando mal, teve de ser socorrido pelo investigador de polícia Antonio Luiz dos Santos, que estava de plantão. Os policiais militares retornaram à unidade policial, e levaram o adolescente ao hospital Sagrado Coração de Jesus. O jovem, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu no mesmo dia.

A certidão de óbito existente no inquérito policial atesta como causa da morte do adolescente “Hemorragia Interna Aguda – Choque hipovolêmico – Trauma Abdominal Fechado Ação Contundente”.

Após as investigações, em razão da gravidade dos fatos, o Promotor de Justiça Magno Oliveira João pediu a prisão preventiva dos policiais militares, que foi decretada pelo Juiz de direito da vara única da comarca de Anaurilândia. Eles foram encaminhados para o Presídio Militar de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas
GOLPE
Pai e filha são vítimas de golpe em Dourados e perdem R$ 8,5 mil
VICENTINA - ACIDENTE
Freios falham e Fiat Strada bate em árvore e quase atinge banca de frutas em Vicentina
AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
ESTUPRO
Homem é acusado de estuprar cunhada durante festa de família em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governador entrega novo quartel do Corpo de Bombeiros e visita obras de pavimentação asfáltica