Menu
SADER_FULL
quarta, 3 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
mistério

Polícia Civil desenterra corpo em fazenda do Pantanal

18 Out 2013 - 10h19Por Dourados Agora

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul desenterrou na tarde de ontem o corpo de Pedro Crescêncio da Silva, de 52 anos, que havia sido morto no dia 16 de setembro, em uma fazenda no interior do Pantanal, região de Coxim. O cadáver estava em avançado estado de decomposição e foi encontrado graças à ajuda de testemunhas.

Segundo a polícia, na noite do crime, o acusado, um rapaz de 26 anos, matou a vítima com um tiro durante uma discussão por motivo fútil. O detalhe é que ele deixou o homem de 52 anos agonizando até a manhã do dia seguinte, quando ele morreu. Com ajuda de comparsas, autor enterrou o corpo e fugiu.

Vítima foi desenterrada na tarde de ontem. Foto: Divulgação/Edicão MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
FRONTEIRA VIOLENTA
Policial morreu durante invasão e ataque de seis a delegacia na fronteira de MS
ACIDENTE DE TRANSITO
Colisão frontal entre carreta e carro deixa motorista preso as ferragens em Itaporã (Fotos)
ESTUPRO
Pai é preso suspeito de engravidar filha de 14 anos em Dourados
TORTURA
Mãe raspa cabelo e sobrancelha do filho, filma agressão e acaba presa
Veículo pegou fogo com a colisão - Crédito: Osvaldo Duarte/ Dourados News ACIDENTE NAS ESTRADAS
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã, homem ficou preso as ferragens
Rave com mais de 500 pessoas é encerrada pela Guarda Civil de Campo Grande  Foto: GCM/Divulgação FESTA NA PANDEMIA
Rave clandestina com mais de 500 pessoas é encerrada pela Guarda
PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada