Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 31 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
ABSOLVIÇÃO

PM do Choque que matou e prendeu assaltantes é absolvido em júri emocionante

Policial chorou ao ser elogiado por uma testemunha na sessão

8 Nov 2019 - 07h48Por Topmidia News

O policial militar do Batalhão de Choque, Kolber Lopes de Andrea, foi absolvido, na tarde desta quinta-feira (7), pelo Tribunal do Júri, em Campo Grande.

Ele respondia por um assassinato e duas tentativas de homicídio quando, em 2015, atirou e matou um assaltante que havia acabado de roubar e fugia no centro de Capital.

O advogado do PM, José Roberto Rosa, disse que o resultado, por 4 votos a zero, ''devolve para a Polícia Militar o sentimento de que fazer o certo vale a pena''.

Rosa avaliou que seu cliente, de 47 anos, é exemplar e nunca teve uma punição na carreira. Também que o PM prendeu os dois assaltantes, recuperou o carro e também a arma usada no assalto.

''Ah, os dois assaltantes que sobreviveram foram condenados'', acrescentou o defensor.

Questionado sobre o que levou o Ministério Público Estadual a processar seu cliente, Rosa disse que cada promotor de Justiça tem um entendimento, mas que seria uma injustiça para a sociedade condenar o réu.

O caso

A promotora Livia Carla Guadanhim Bariani entendeu que, como policial, Kolber poderia ter pedido reforço para prender os criminosos.

Assim que foi denunciado pelo MPE, o juiz responsável pelo processo, Carlos Alberto Garcete de Almeida, recusou a denúncia, entendendo que o policial agiu dentro da lei e conforme sua função de agente da segurança pública. Porém, a procuradoria de Justiça de MS recorreu ao Tribunal de Justiça, que determinou que esse caso fosse para júri popular.

Conforme a Denúncia do MPE, Kolber dirigia pela Ernesto Geisel quando viu criminosos abordarem um motorista e levar o carro dele, na rua dos Barbosas. O policial parou o carro e foi informado pela vítima que tratava-se de um assalto.

Na sequência, o PM passou a perseguir os três suspeitos e o carro passou a fazer manobras de zigue-zague. O policial emparelhou o veículo dele com o outro e deu voz de abordagem, que não foi obedecida. Então, sacou uma pistola .40 e atirou contra os criminosos, ferindo Brendon da Silva Machado e os outros dois criminosos.

O policial e populares acionaram o socorro, mas Brendon morreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO A ESCLARECER
AGORA: Jovem é morto por tiros de fuzil em MS
GLÓRIA DE DOURADOS - ASSALTO
Usando máscara, motoqueiro aponta arma para mulher e rouba celular em Glória de Dourados
FATALIDADE
Sindicato e alunos choram perda de diretora em Campo Grande: 'sigamos em oração'
LUZ DO DIA
Vídeo: Câmera flagra ladrão roubando bolsa neste sábado, de dia, em Dourados
ASSASSINATO EM MS
Amigos choram perda de casal assassinado na frente de filha de 3 anos em MS
ACIDENTE DE TRABALHO
Funcionário se joga de caminhão sem freio, mas morre atropelado
ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS
COVID-19
Delegacia de Ponta Porã é fechada após policiais testarem positivo para covid-19
INDIGNAÇÃO
Morte de homem negro asfixiado por policiais nos EUA gera indignação internacional
VICENTINA - DESAPARECIDO HÁ 73 DIAS
Desaparecido há 73 dias, família não perdeu a esperança de encontrar seu Manoel em Vicentina