Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 29 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
Paranhos

Pintor matou papiloscopista para se vingar de investigação policial

13 Fev 2014 - 17h30Por Campo Grande News

O acusado de metralhar o perito papiloscopista Marcílio de Souza, 51 anos, na tarde de ontem (12) na cidade paraguaia de Ype-Hu, que faz divisa com Paranhos – a 469 quilômetros de Campo Grande – agiu por vingança. Gustavo Barros Benites, 26, tem diversas passagens e era investigado pela Polícia Civil do município.

Em 19 de dezembro do ano passado, por causa do trabalho de investigação de Marcílio, Gustavo, que é pintor, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do Estado. Após o processo, ele fugiu para o Paraguai. Para se vingar da investigação policial, o acusado decidiu matar o perito papiloscopista.

De acordo com o delegado Rinaldo Moreira, que investiga o caso, Gustavo foi identificado por investigadores de Paranhos e Sete Quedas. Depoimentos de testemunhas e informações da Polícia Paraguaia revelaram que a motocicleta, de cor vermelha e sem placas, deixada no local pelo atirador, pertence ao pintor.

“Temos informações seguras de que o acusado possui a motocicleta há mais de três meses e a usa no Paraguai, vindo rapidamente e com frequência ao Brasil. Além disso, algumas pessoas viram ele seguindo o policial até Ype-Hu e outras que testemunharam o crime fizeram reconhecimento fotográfico e dizem sem sombra de dúvidas, que o crime foi cometido por Gustavo”, afirmou o delegado à assessoria de imprensa da Polícia Civil.

Perigoso – O pintor Gustavo é tido na fronteira Brasil-Paraguai como um cara violento, perigoso e vingativo. Ele possui diversas passagens pela polícia, por crimes variados, e teve a prisão preventiva decretada em dezembro de 2013 por causa do trabalho de investigação de Marcílio.

O perito papiloscopista, inclusive, elaborou diversos relatórios policiais que embasaram o pedido de prisão encaminhado ao poder judiciário.

Ainda conforme o delegado Rinaldo, Gustavo está foragido em território paraguaio e as polícias brasileira e paraguaia estão trabalhando, em conjunto, para localizar e prender o acusado. “Em ação paralela estamos representando pela prisão preventiva do Gustavo”, explica.

Informações sobre o paradeiro de Gustavo Benites podem ser repassadas à polícia pelo telefone (67) 3480-1300 e (67) 3479-1480. A Polícia Militar, através do número 190, também pode receber denúncias anônimas.

 
Moto utilizada no crime foi apreendida pela Polícia Paraguaia (Foto: Divulgação/PC)Moto utilizada no crime foi apreendida pela Polícia Paraguaia (Foto: Divulgação/PC)

O crime – Marcílio de Souza foi metralhado e morto na tarde de ontem (12) em uma lanchonete a 100 metros da linha da fronteira. Ele voltava de um prédio da Polícia Paraguaia, onde foi informar o furto de um trator ocorrido em Sete Queda.

Na lanchonete, o papiloscopista pediu uma garrafa de água e sentou em uma cadeira na varanda do para aguardar. Minutos depois, Gustavo surgiu em uma motocicleta, estacionou o veículo e efetuou um disparo contra a cabeça do policial, com arma longa, tipo calibre 12.

A vítima morreu na hora e o acusado fugiu a pé. A motocicleta foi apreendida pela Polícia Paraguai, que investiga o crime com o apoio da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTÍCIA TRISTE
NÃO DEU TEMPO: 'Ceará' morre na véspera de encontro com os filhos que não via há 23 anos
FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de Fátima do Sul apreende mais de 100 quilos de maconha
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe e Bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas