Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 27 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
FATALIDADE

Padre cai de pedra em cachoeira e corpo é encontrado em poço

Por volta das 18h de domingo, ele subiu em uma pedra para fazer uma foto, quando se desequilibrou e caiu no poço.

26 Jan 2021 - 08h13Por EM.COM.BR

Soldados do Corpo de Bombeiros que realizavam buscas em um poço, no distrito de Curimataí, no Norte de Minas, encontraram o corpo do padre Paulo Roberto Marques, de 42 anos, vigário da Catedral Metropolitana de Montes Claros (cidade-polo da região). No final da tarde de domingo (24/01), ele caiu de cima de uma pedra, onde subiu para tirar uma foto, junto a uma cachoeira no Rio Preto.  O corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (25/01) no poço, e embora ainda não tivesse confirmação oficial dos bombeiros, o arcebispo metropolitano de Montes Claros, dom João Justino Medeiros, divulgou nota de pesar, lamentando a morte do sacerdote, natural de Bocaiuva (também no Norte de Minas).

Na mensagem, divulgada na página oficial da arquidiocese, o arcebispo pede orações de todos, especialmente pelos pais e irmãos do padre Paulo Roberto. O sacerdote passeava com a família na cachoeira de Cachoeira das Lavadeiras. De acordo com testemunhas, ao final do passeio, por volta das 18h de domingo, ele subiu em uma pedra para fazer uma foto, quando se desequilibrou e caiu no poço.  Ainda conforme testemunhas, Paulo Roberto bateu em algumas pedras e caiu na água desacordado. O corpo afundou imediatamente.  De acordo com informações de moradores, há 30 anos morreu um outro padre na mesma cachoeira de Curimataí. O local, conhecido como Cachoeira das Lavadeiras, fica há um quilômetro do distrito.  O Corpo de Bombeiros de Curvelo informou que uma equipe deslocou para fazer as buscas em Curimataí e localizaram o corpo no fim da manhã desta segunda-feira (25/01). Ele será levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Curvelo. 

Reportagem alertou sobre perigos em cachoeiras
O ESTADO DE MINAS publicou no último dia 14 de janeiro uma reportagem chamando atenção para os cuidados com riscos de acidentes em cachoeiras, cuja procura aumenta nesta época do ano.   O EM alertou que nesse período, por conta das chuvas, aumenta o volume das cachoeiras e os riscos do fenômeno “cabeça d água”. O texto lembra que “existem também os riscos de queda devido as dificuldades de acesso e formações rochosas junto às cachoeiras”.  O tenente Pedro Aihara, da Assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), afirma que, nesta época do ano é muito comum os mineiros procurarem refrescar o calor em rios, balneários e cachoeiras. Ele ressalta que, para aproveitar bem os encantos da natureza, as pessoas devem adotar os cuidados para evitar acidentes, sobretudo, nas cachoeiras.  “As pessoas precisam seguir alguns cuidados básicos. O primeiro deles é que ninguém deve andar sozinho. O visitante sempre deve andar acompanhado. Pois, se acontecer alguma coisa, vai ter outra pessoa para apoiá-lo e ajudá-lo. Crianças so podem nadar sob a supervisão de adultos. E é preferível nadar onde há a presença do Corpo de Bombeiros ou de um guarda vidas. Isso cria um nível de segurança para a maior diversão das pessoas”, afirma Aihara. Em relação aos passeios nas cachoeiras, o representante do Corpo de Bombeiros recomenda: “respeita a sinalização de segurança do local. Evite brincadeiras de mau gosto como trotes e até saltos. Se começar a relampejar, procure sair da água par não corre risco de (receber) descargas elétricas. Se testemunhar um afogamento, procure imediatamente os bombeiros”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PLANTÃO FÁTIMA NEWS DEU RUIM
DEU RUIM: Adolescente tenta assaltar PM de folga e morre em MS
CARCERE PRIVADO
Homem é preso por cárcere privado e violência doméstica após mulher pedir socorro com foto nas redes
MUNDO DO CRIME
Após morrer de Covid-19 no mesmo dia, casal tem oficina invadida e furtada
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Jovem desaparece com namorado e família faz buscas em Aquidauana
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso invade barraco e abusa de criança de 11 anos em Maracaju
ABUSO SEXUAL
Esposa de pastor sabia de abusos sexuais contra fiel no Macaúbas; igreja é fechada em MS
TENTATIVA DE LATROCINIO
Major aposentado do Exército é baleado por assaltantes em Campo Grande
ENCONTRADA
Jovem de Glória de Dourados que estava desaparecida procura por atendimento no hospital de Itaporã
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça segurança pública e entrega 127 novas viaturas e 590 previsto para 2021
ENCONTRADA
Professora que desapareceu em Campo Grande ao sair para almoço de família é encontrada