Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 28 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
segurança pública

Número de presos na Phac quase dobrou em quatro anos e 2,1 mil ocupam 700 vagas

23 Abr 2014 - 11h23Por 94 FM

A quantidade de presos que dividem as 700 vagas existentes na Phac (Penitenciária Harry Amorim Costa), em Dourados, não para de crescer. Segundo o promotor Juliano Albuquerque, titular da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca, de 2010 até os dias atuais o número de detentos quase dobrou nessa unidade prisional. Esse cenário foi motivador para a instauração de um inquérito civil por parte do MPE (Ministério Público Estadual).

“Em 2010, quando eu assumi, na Phac nós tínhamos em torno de mil e cem internos. Nós estamos no início de 2014 e já estamos com mais de dois mil internos. Num período de três a quatro anos, do final de 2010 ao início de 2014, quase que duplicou esse número”, informa. “Numa unidade que caberia no máximo 700 internos, hoje a gente tem mais de 2 mil”.

INVESTIGAÇÃO

Albuquerque reconhece que essa proporção é muito grande e para evitar ainda mais problemas, decidiu instaurar um procedimento investigatório. Conforme noticiado pela 94 FM no dia 21 de março, o promotor apura “a problemática da superlotação” “e todos os problemas inerentes” na Phac através do Inquérito Civil nº 001/2014.

“A gente instaurou esse procedimento e é claro que não significa providências a curto e médio prazo, mas é para minimizar essa questão tanto no aspecto da superlotação quanto também no aspecto estrutural para atender esses presos nessa unidade”, explica. “É claro que é um problema que a gente está enfrentando. Temos acompanhado aqui na promotoria, mas não é um problema que a gente consegue resolver do dia para noite”.

ESTRUTURA PARA RESSOCIALIZAR

Ainda segundo o promotor, embora haja um excedente aproximado de 1,4 mil presos na Phac, a unidade penal de Dourados consegue atender bem seu propósito. “Claro que problema de superlotação no Estado e no Brasil nós temos tido e esse problema é dimensionado para todas as regiões, mas em Dourados em regime fechado nós temos uma unidade bem estruturada”, avalia. “A Phac hoje, embora com número excessivo de presos, proporciona trabalho, estudo e atendimento médico, na medida da proporção, para a grande maioria dos internos”.

No entanto, Albuquerque garante que não fecha os olhos para o fato de 2,1 mil presos viverem espremidos em 700 vagas na Phac. O promotor reconhece que a superlotação é fator que dificulta o trabalho de ressocialização dos condenados. “Uma unidade que serve para 500 presos às vezes sequer tem estrutura de servidor para dar educação e trabalho para receber os 500. Quando o número eleva para mil ou dois mil presos essa estrutura que muitas vezes não é adequada para aquele mínimo já se torna insuficiente também”, pondera. “É um problema crônico, mas temos enfrentado e aqui em Dourados a gente está tentando minimizar”.

SEMIABERTO

O que motiva o promotor de execução penal a acreditar que a Phac ainda tem solução são resultados que já obteve à frente da 8ª Promotoria. Ele recorda que do final de 2010 para 2011 a estrutura do Estabelecimento Penal de Regime Semiaberto e Aberto de Dourados estava totalmente inadequada. Isso motivou o MPE a ingressar com Ação Civil Pública contra o Governo do Estado, o que resultou na reforma total da unidade.

“Hoje a unidade onde ainda funciona o semiaberto está bem adequada, a direção tem administrado bem alguns problemas e a questão fundamental é que já tem a unidade nova construída e basicamente pronta. Mas a unidade hoje que ainda funciona já está também numa estrutura bem adequada para receber os presos”, pontua.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTÍCIA TRISTE
NÃO DEU TEMPO: 'Ceará' morre na véspera de encontro com os filhos que não via há 23 anos
FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de Fátima do Sul apreende mais de 100 quilos de maconha
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe e Bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas