Menu
SADER_FULL
terça, 11 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
risco na estrada

Mulher não diminui luz alta e é alvejada por motorista com o carro em movimento

10 Out 2013 - 10h31Por Campo Grande News

Ao levar um casal de amigos para casa, na noite de ontem (9), em Caracol, a 364 quilômetros da Capital, Stela Ortiz Oliveira, 28 anos, sofreu um atentado e só não foi atingida por um tiro porque estava com o carro em movimento.

Segundo a Polícia, por volta das 22h45, ela seguia com o marido em seu veículo Palio Weekend, na intenção de levar um casal de amigos para a sua residência.

No trajeto, na direção oposta, seguia com luz alta o condutor de um veículo Parati na rua Libindo Ferreira Leite. A vítima disse que deu um sinal de luz por duas vezes, pedindo ao autor para “abaixar” a luz, porém ele não o fez. Ao chegar perto, Stela diz que o homem a agrediu verbalmente, sendo que ela revidou continuando o seu caminho.

O autor do crime, que ela identificou como Izidro, sacou uma arma e atirou em sua direção, porém sem êxito. A vítima ressalta que ele reside na rua Mato Grosso esquina com a rua Vicente Celestino. O caso foi registrado como tentativa de homicídio e está sendo investigado pela Polícia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOB INVESTIGAÇÃO
Pai provoca acidente e mata filhos no Dia dos Pais
HOMICIDIO
Homem é morto em MS e moradores 'entregam' autor do crime para PM
ASSASSINATO
Rapaz que levou 18 tiros dentro de veículo morre em Dourados
SEQUESTRO
Pai é morto pela polícia ao ameaçar matar filha de três anos em milharal
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe vai à igreja e filho de 21 anos estupra irmã de 8
SURTO DA MACHADINHA
Empresário acusado de ameaçar prefeito 'peita' policiais penais e leva três tiros
AMEAÇAS DE MORTE
Empresário agride segurança e tenta invadir casa do prefeito
SOB INVESTIGAÇÃO
Criança morre em Dourados após passar mal e polícia investiga caso
BRIGA DE CASAL
Antes de ser atropelado e morto a facadas, ‘Mil Graus’ teria tentado separar briga de casal em MS
ENCONTRADA
Adolescente sumida por três dias é achada em cidade vizinha, diz família de Nova Andradina