Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 5 de abril de 2020
SADER_FULL
Busca
POLONIO IMÓVEIS
crueldade

Mulher mata seus dois bebês recém-nascidos para ir a clube de swing

28 Set 2013 - 10h33Por Mída Max

ma ninfomaníaca alemã está sendo acusada de matar seus dois filhos recém-nascidos para que pudesse ir a um clube de swing. Ela foi presa depois que os corpos dos bebês foram encontrados por seu pai.

Steffie Koppers, de 24 anos, se gabava no Facebook pelas visitas que fazia ao clube, chamado Swingerclub Kali. “Estamos em três simpáticas senhoras, mas queremos homens e não tem nenhum aqui”, dizia na rede social.

A polícia acredita que Koppers tenha engravidado dos filhos no próprio local. Ela morava em uma fazenda com seu pai.

Um dos filhos teria sido morto em novembro do ano passado, e já teria sido reduzido a um esqueleto ao ser encontrado. O outro estava embrulhado em uma folha.

O pai de Koppers telefonou para a polícia imediatamente após encontrar os cadáveres. Ele comentou que a filha admitiu o que aconteceu, mas não foi capaz de dizer o motivo para a ação. Mesmo assim, autoridades garantem que ela estava viciada em ir ao clube, e não queria que os bebês a incomodassem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FEMINICÍDIO NO MS
FEMINICÍDIO: Jovem de 26 anos é assassinada pela ex-marido com tiro no rosto em MS
CORONAVÍRUS NO MS
Contra o coronavírus, PM e Exército fazem operação e 'fecham' entrada que dá acesso a Bonito (MS)
DESCUMPRIMENTO
Guarda prende 9 e fiscaliza 60 comércios por descumprirem decreto em Dourados
ACIDENTE FATAL
Motociclista de 46 anos morre em choque com ambulância a caminho de socorro
FACÇÃO CRIMINOSA
Ex-faccionado era alvo, mas mulher foi morta no lugar dele com bebê no colo
QUARENTENA
Justiça mantém proibida a reabertura de igrejas em Campo Grande durante quarentena do coronavírus
VIOLENCIA DOMESTICA
Mesmo com medida protetiva mulher é esganada pelo amásio na frente dos filhos em MS
TOCAIA
Mulher é morta com tiros na cabeça dentro do veículo em MS
ASSASSINATO
Menina de 13 anos que estava desaparecida é encontrada morta com sinais de espancamento
ASSASSINATO
Enfermeiro mata a namorada médica após suspeitar que foi contaminado com coronavírus por ela