Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 3 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Policial

MPF investiga destruição de cemitério indígena em fazenda de Dourados

Vazio no meio da plantação: Cemitério foi destruído cinco dias após diligência do MPF

28 Out 2013 - 13h24Por Dourados Agora

O Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul (MPF/MS) instaurou Inquérito Civil Público para apurar a destruição de um cemitério indígena no município de Dourados.

O cemitério fica dentro de uma fazenda reivindicada pela comunidade guarani-kaiowá de Pacurity como sendo um território de ocupação tradicional. Os indígenas estão acampados às margens da BR 463 há 22 anos.

Em diligência realizada no dia 12 de setembro, representante do MPF foi levado a um dos cemitérios indígenas da região reivindicada, a 9 quilômetros do acampamento Pacurity. No local, o servidor pôde constatar a existência de um pequeno cercado com cruzes e uma árvore, que se destacavam na plantação de milho ao redor.

Cinco dias depois, ao retornar para registrar as coordenadas geográficas do cemitério, o servidor verificou que o cercado, as cruzes e a árvore foram removidos. Restava apenas o sinal da terra remexida.

Conforme previsto na Lei 9605/1998, artigo 63, é crime “alterar o aspecto ou estrutura de local especialmente protegido por lei, ato administrativo ou decisão judicial sem autorização da autoridade competente ou em desacordo com a concedida” A pena é de um a três anos de reclusão e multa.

Pacurity

Localizada na BR 463, rodovia que liga Dourados a Ponta Porã, a comunidade espera há 22 anos pela demarcação de seu território. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), 17 famílias vivem nos barracos de lona montados à margem da rodovia e a área de reserva legal da fazenda Cruz de Malta. Sem condições mínimas de vida como acesso a água potável, aguardam os estudos do Grupo de Identificação e Delimitação da Funai, que definirá seu território.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente com 22 veículos deixa 8 mortos e 20 feridos
BEBEDEIRA
Após discussão com cunhado, homem é assassinado a tiros em MS
ASSASSINATO
ASSASSINATO: Pistoleiros invadem residência e executam homem enquanto dormia em MS
INCÊNDIO FATAL
Casa é incendiada e mulher morre carbonizada em MS
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Motorista bêbado atinge carro e mata 4 adultos e uma criança
CENA DE TERROR
Após ser curado da Covid-19 dentista mata enfermeira e comete suicidio
AÇÃO DA PMA
JUDIAÇÃO: Mãe e filho são autuados em R$ 6 mil por maus-tratos ao castrar e cortar cachorro em casa
JATEÍ - PARCERIA
Com devidos cuidados, detentas retornará as atividades de limpeza das ruas nesta segunda em Jateí
DESOBEDIENCIA DA QUARENTENA
Com aglomeração e mais de 50 pessoas, pastor se nega a encerrar culto
TRÁGICO ACIDENTE
Homem morre carbonizado após carro capotar e pega fogo em MS