Menu
SADER_FULL
quinta, 26 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
FEMINICIDIO

Motoboy mata namorada grávida, forja suicídio, mas é desmascarado pela própria mãe

A jovem estava grávida de três meses e o casal começou a discutir sobre o chá revelação

17 Nov 2020 - 08h27Por R7 / G1

Paloma Cássia de Sá, 21 anos, foi assassinada a facadas pelo namorado, o motoboy Paulo Henrique Santana, 23 anos. O acusado tentou forjar uma cena de suicídio, mas foi desmascarado pelo depoimento da própria mãe.

O crime aconteceu na noite da segunda-feira (9), na casa onde os dois moravam, no Centro de Estiva Gerbi, interior de São Paulo.

Segundo a polícia, a jovem estava grávida e o casal começou a discutir sobre o chá revelação. A briga evoluiu e a Paloma foi esfaqueada. Paulo Henrique chamou a Guarda Municipal e disse que ela tentou suicídio.

Mas as informações não bateram. A gestante era canhota e, no depoimento, a mãe do suspeito contou que ouviu a nora pedir por socorro. Paulo Henrique foi preso em flagrante por feminicídio.

Paloma estava grávida de três meses e havia feito planos para a chegada do bebê. O casal estava junto há cerca de cinco anos.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe e Bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas
GOLPE
Pai e filha são vítimas de golpe em Dourados e perdem R$ 8,5 mil
VICENTINA - ACIDENTE
Freios falham e Fiat Strada bate em árvore e quase atinge banca de frutas em Vicentina
AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo