Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 28 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
campo grande

Moradores amarram suspeitos de roubo e recuperam telefone celular

Moradores fazem “justiça com as próprias mãos” e amarram suspeitos

5 Nov 2013 - 07h51Por Campo Grande News

Cerca de 40 moradores da Vila Jacy se reuniram, no início da tarde desta segunda-feira (4), para “caçar” dois suspeitos de roubar celular de uma mãe, na frente dos três filhos pequenos. Revoltados, eles decidiram fazer “justiça com as próprias mãos” e amarraram os garotos em árvore na Avenida Laudelino Barcelos, a mais movimentada do bairro, até a polícia chegar para prendê-los.

O crime ocorreu por volta do meio-dia, quando a empregada doméstica Priscila Machado da Silva, 21 anos, foi buscar seus três filhos na escola. Na volta, ela foi abordada pelos garotos. “Perdeu, passa o celular”, anunciou um dos dois. Assustada, a jovem não pensou duas vezes, entregou o aparelho e saiu correndo com as três crianças.

Em casa, Priscila relatou o crime ao marido. Revoltado, ele foi desabafar com os vizinhos, que decidiram se unir para procurar os suspeitos pelo bairro. Meia-hora depois, o grupo encontrou os garotos e decidiu amarrá-los no tronco de um pé de uma mangueira.

Suspeitos de assaltar mãe com os três filhos pequenos foram amarrados em árvore, no canteiro de avenida movimentada (Fotos: Simão Nogueira)Suspeitos de assaltar mãe com os três filhos pequenos foram amarrados em árvore, no canteiro de avenida movimentada (Fotos: Simão Nogueira)

 
Moradores se uniram para caçar os suspeitosMoradores se uniram para "caçar" os suspeitos

“Se a gente não amarrasse, eles iriam fugir e nunca mais teríamos notícias deles”, justificou o pedreiro Osmar Marques, 40. Ele participou da “caçada” aos suspeitos e emprestou a “extensão”, presa em sua bicicleta, para amarrar os garotos. “Isso foi bom para dar um susto neles”, acrescentou.

Fernando da Silva, 30, também ajudou a prender os suspeitos. “O jeito é fazer justiça com as próprias mãos”, comentou. Além de amarrar os garotos, alguns moradores partiram para o ataque físico, deixando escoriações pelo corpo dos suspeitos.

Não foram localizados documentos com os garotos, que estavam sujos e em silêncio. A polícia chegou ao local, algemou os dois e os conduziu até a 5ª Delegacia de Polícia. Antes, os suspeitos devolveram o celular a Priscila.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTÍCIA TRISTE
NÃO DEU TEMPO: 'Ceará' morre na véspera de encontro com os filhos que não via há 23 anos
FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de Fátima do Sul apreende mais de 100 quilos de maconha
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe e Bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas
GOLPE
Pai e filha são vítimas de golpe em Dourados e perdem R$ 8,5 mil