Menu
SADER_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
SADER_FULL
Busca
ABANDONO E MORTE

Menina de 2 anos foi entregue a tio estuprador após separação dos pais

Com os pais adotivos ela sofria tortura e estupros. Ela morreu no PS de Várzea Grande, com traumatismo craniano.

22 Nov 2021 - 09h50Por Reporter MT

O delegado da Polícia Civil Maurício Maciel Pereira revelou que a menina Maria Vitória Lopes dos Santos, de 2 anos, que foi morta e torturada pelo tio, que tinha a guarda dela, nunca sofreu maus-tratos físicos por parte dos pais biológicos. O Conselho Tutelar entregou a criança ao tio após os pais se separarem e ela ter sido abandonada.

“Os pais biológicos são pessoas da roça, eles se separaram daí a mulher foi embora da casa deixando as crianças (Maria Vitória e o irmão de 4 anos) com o pai. Como ele não teve condições de cuidar, ele deu as crianças para uma prima materna das crianças. Não teve nada relacionado à violência. Foi uma desestruturação familiar pela separação”, explicou.

O delegado explicou que não havia entendimento familiar sobre quem deveria ficar com a guarda da criança e por isso a Justiça decidiu por entregar os irmãos um a cada tio materno.

Maria Vitória Lopes dos Santos, de 2 anos, morreu no Pronto-Socorro de Várzea Grande no dia 8, após dar entrada na unidade com sinais de estupro e traumatismo craniano. Os acusados do crime são os pais adotivos, que também são tios dela, Aneuza Pinto Ponoceno e Francisco Lopes da Silva. Os dois estão presos.

A menina estava com o casal há quase cinco meses. Durante esse período, ela foi torturada e estuprada frequentemente.

Durante o interrogatório de Aneuza, ela detalhou toda brutalidade à qual Maria Vitória foi submetida. Segundo ela, a criança era estuprada por Francisco duas vezes na semana, era obrigada a desfilar nua pela casa, privada de alimentação e ainda agredida com corda.

“Várias testemunhas já foram ouvidas e eu tenho um prazo para concluir esse inquérito. Uma força tarefa foi feita aqui na delegacia e o caso deve ser concluído nos próximos dias”, declarou.

A Justiça de Mato Grosso converteu a prisão em flagrante do casal em preventiva. Na audiência de custódia, a defesa de Aneuza chegou a alegar que a mulher também teria sido vítima de Francisco e tentou converter a prisão em medidas cautelares, mas foi negado pela juíza Glenda Moreira Borges.

Leia Também

LUTO NA PM
PM emite nota de pesar pela morte do Oficial Fátimassulense encontrado sem vida em hotel
LUTO NA PM
Ex-morador em Fátima do Sul, Tenente da PMMS é encontrado morto em quarto de hotel na Capital
PROCESSO
Mulher de Fátima do Sul processa Gustavo Lima por citar número de seu celular em música
Imagem Ilustrativa - Menina foi estuprada dentro de uma conveniência - Crédito: André de Abreu/Arquivo CRIME
Criança de sete anos é estuprada dentro de conveniência
Jaqueline Hahn Tente, SECIC DOURADOS
Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados passa a contar com intérprete de Guarani
SEGURANÇA PÚBLICA
Feminicídios reduzem 83,3% em Campo Grande, aponta Secretaria de Justiça e Segurança Pública
POLÍCIA FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Ex-marido mata mulher com machado na frente da filha de 4 anos e se entrega em MS
PLANTÃO CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta pedir socorro, mas é morta com pedrada na cabeça em MS
Jardim MS News VÍTIMA IDENTIFICADA
Motorista que morreu em acidente era procurado pela polícia
Hoje de manhã, ainda havia vestígios do incêndio no local onde ocorreu a confusão.  INCENDIÁRIA
Mãe é presa após atear fogo em casa com bebê dentro