Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 31 de março de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
BONITO

Homem morre no hospital após capotar carro próximo ao balneário de Bonito

Um homem de 45 anos morreu na Santa Casa de Campo Grande

21 Set 2013 - 08h57Por Campo Grande News

Um homem de 45 anos morreu na Santa Casa de Campo Grande após sofrer um acidente na noite de ontem (20), na rodovia MS-178, próximo à rotatória do Balneário Municipal de Bonito, cidade distante 257 quilômetros da Capital.

Marcínio Roque de Andrade Costa estava em um Mercedes Benz, modelo B180, perdeu o controle do carro quando foi fazer a rotatória, capotou e caiu em uma barranco. O acidente aconteceu por volta das 20h15 de ontem.

A vítima estava sozinha no veículo e a Polícia Militar de Bonito acredita que Marcínio tenha perdido o controle da direção porque a curva da rotatória é muito fechada.

Ele foi socorrido pela ambulância local da cidade e encaminhou ao Hospital João Darci Bigaton, em Bonito. Como o estado de saúde de Marcínio era grave, ele foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, onde morreu durante a madrugada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGRESSÃO FÍSICA
Polícia Militar de Nova Andradina flagra homem agredindo mulher em quitinete
TOQUE DE RECOLHER
Festinha com 15 pessoas na madrugada acaba na delegacia de MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Motociclistas sem documentos morrem após colisão frontal em estrada de MS
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher é trancada em casa e espancada pelo marido e vizinhos ajudam ao ouvirem gritos em MS
ATAQUE MORTAL
Motociclista é atacado por touro em estrada vicinal e morre após cair e ser pisoteado em MS
BEBEDEIRA
Mulher esfaqueia o marido que a mandou trocar de roupa porque ‘estava curta’
TRAGEDIA NA RODOVIA
Criança de 10 anos e homem morrem em acidente entre carro e caminhão em Ponta Porã
FEMINICIDIO
Homem que matou ex-mulher com tiro na testa é preso no Centro de Campo Grande
FEMINICIDIO
Mulher de 26 anos é assassinada pelo ex-marido com tiro no rosto em MS
LATROCINIO
Para roubar Celta, jovens de 19 e 20 anos assassinaram contador a facadas