Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
BONITO

Homem morre no hospital após capotar carro próximo ao balneário de Bonito

Um homem de 45 anos morreu na Santa Casa de Campo Grande

21 Set 2013 - 08h57Por Campo Grande News

Um homem de 45 anos morreu na Santa Casa de Campo Grande após sofrer um acidente na noite de ontem (20), na rodovia MS-178, próximo à rotatória do Balneário Municipal de Bonito, cidade distante 257 quilômetros da Capital.

Marcínio Roque de Andrade Costa estava em um Mercedes Benz, modelo B180, perdeu o controle do carro quando foi fazer a rotatória, capotou e caiu em uma barranco. O acidente aconteceu por volta das 20h15 de ontem.

A vítima estava sozinha no veículo e a Polícia Militar de Bonito acredita que Marcínio tenha perdido o controle da direção porque a curva da rotatória é muito fechada.

Ele foi socorrido pela ambulância local da cidade e encaminhou ao Hospital João Darci Bigaton, em Bonito. Como o estado de saúde de Marcínio era grave, ele foi transferido para a Santa Casa de Campo Grande, onde morreu durante a madrugada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ACIDENTE
Freios falham e Fiat Strada bate em árvore e quase atinge banca de frutas em Vicentina
AFOGAMENTO
Corpos de adolescentes desaparecidos são encontrados em 'piscinão'
CHACINA
Mulher, marido, filho e amigo são executados em chacina na saída de garimpo
ESTUPRO
Homem é acusado de estuprar cunhada durante festa de família em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governador entrega novo quartel do Corpo de Bombeiros e visita obras de pavimentação asfáltica
BRIGA DE CASAL
Durante briga com mulher, homem fica ferido a facadas em frente de hotel em Dourados
LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Unidades de resgate entregues aos bombeiros são as mais modernas do Brasil, afirmam militares