Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 5 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
USUARIO DE DROGAS

Homem morre após ficar 5 dias sem dormir e provar 'kryptonita' em Dourados

De acordo com o boletim de ocorrência, era a oitava vez que ele 'recaía' nas drogas, e consta que além dos entorpecentes, ele ingeriu altas doses de tranquilizantes.

12 Nov 2020 - 08h29Por Redação Fátima News

Um homem de 31 anos morreu em Dourados após provar uma droga chamada ‘crack verde’ ou ‘kryptonita’ e ficar cinco dias sem dormir. De acordo com o boletim de ocorrência, era a oitava vez que ele ‘recaía’ nas drogas, e consta que além dos entorpecentes, ele ingeriu altas doses de tranquilizantes.

Ele seria usuário de drogas há mais de 13 anos e como tentativa de se livrar do vício, já havia sido internado em clínicas de recuperação por sete vezes, sendo a última, em Sorocaba (SP). Conforme informações policiais, o homem chegou a Dourados em 4 de novembro, e estava ‘invernado’ desde o dia 5.

No dia 6, a família chamou uma equipe da clínica de Sorocaba, autorizando a internação compulsória, porém o indivíduo conseguiu fugir. Ontem (10), a mãe foi até a casa dele, no bairro Estrela Tovi, pediu para ele se acalmar e tomar uma dose de Clonazepam – remédio com efeito sedativo comercialmente conhecido como Rivotril. No entanto, ele pingou algumas gotas num copo de cerveja e tomou.

Depois de mais uma tentativa de fuga e de ser contido, a vítima aceitou passar pela casa da família e se arrumar para nova internação, mas pediu para usar drogas uma última vez "para relaxar" e conseguir enfrentar a viagem. A vítima, então, tomou mais alguns comprimidos de Clonazepam.

Após mais de uma hora de conversa, pela terceira vez, o homem tentou fugir, mas foi imobilizado e colocado à força dentro do veículo da clínica, momento que desmaiou.

A equipe saiu em direção a hospital em Dourados, mas um pneu furou no meio do caminho. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e quando chegou, a vítima já estava sem pulso.

Os socorristas tentaram reanimá-la por cerca de 30 minutos, mas o óbito foi constatado ainda no local.

Segundo a mãe dele, além de experimentar a tal kryptonita, o filho mandou mensagem informando que havia sofrido uma queda no banheiro, se machucado e quebrado o celular.

O caso foi registrado como morte a esclarecer e será investigado pela Polícia Civil. (Com campo Grande News).

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
LUTO POR 3 DIAS
Governador decreta luto oficial de três dias pela morte do coronel Adib Massad
ACIDENTE GRAVE
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
CONFIRA SUA TRAJETÓRIA
Governador lamenta morte de Adib Massad, confira toda sua trajetória do 'Águia da Fronteira'
DEODÁPOLIS - BARCO RECUPERADO
Em ação conjunta da Polícia Militar e Civil recuperam barco furtado em sítio de Deodápolis
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento
Foto: Mariana Anjos - Assessoria deputado Eduardo Rocha AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Deputado Eduardo Rocha recebe autoridades de São Gabriel do Oeste e debatem sobre emendas
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Filho de fazendeiro reclama de dor anal e mãe descobre estupro cometido por funcionário
FRONTEIRA VIOLENTA
Policial morreu durante invasão e ataque de seis a delegacia na fronteira de MS
ACIDENTE DE TRANSITO
Colisão frontal entre carreta e carro deixa motorista preso as ferragens em Itaporã (Fotos)