Menu
SADER_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
DEODÁPOLIS - ACIDENTE FATAL

Homem morre após colisão de motocicleta com ônibus em Deodápolis

O Corpo de José Aparecido dos Santos, residente em Deodápolis, foi reconhecido por familiares

15 Mar 2021 - 18h00Por Fábio Menezes / Regionline

O Corpo de José Aparecido dos Santos, residente em Deodápolis, foi reconhecido por familiares, no dia 14 de março de 2021, após o mesmo ter dado entrada no Hospital Cristo Rei, ainda com vida, devido ao acidente de motocicleta Shineray com Ônibus, vindo à óbito algum tempo depois.

A condutora do Ônibus, a Srª I.P.R. disse aos PMs que a vítima empurrava a motocicleta em sentido contrário ao do ônibus, e depois invadiu a pista, ocasionando o acidente.

Assim, foi registrado B.O. e as devidas providências relativas ao caso serão tomadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CADEIRINHA NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO
NOVO CÓDIGO DE TRÂNSITO: Crianças com até 10 anos dependem de altura para uso de cadeirinha
VIDEO
Motociclista morre após bater moto em carro na rua Bahia na Capital
Local onde crime ocorreu, no bairro Vila Margarida, em Campo Grande (MS)  Foto: Google Street View/Reprodução CRIME A ESCLARECER
Homem é morto a tiros após discussão em redes sociais em MS
ASSASSINATO
CRIME: Mulher é assasinada a tiros na frente de casa em MS
FEMINICÍDIO NO MS
FEMINICÍDIO: Professora é assassinada brutalmente a machadadas pelo ex-marido em MS
Colisão ocorreu no início da manhã de hoje em Maracaju - Crédito: Robertinho/Maracaju Speed ACIDENTE FATAL
Colisão frontal entre carro e carreta mata ocupante mata jovem de 19 anos em MS
É DE CORTAR O CORAÇÃO
Acidente mata tamanduá-bandeira e filhote é encontrado agarrado ao corpo da mãe morta em MS
LUTO NA POLÍCIA MILITAR
LUTO NA PM: Soldado morre aos 31 anos vítima da Covid em MS
A perícia esteve no local - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News TRISTE NOTÍCIA
Corpo de menina de 10 anos é encontrado, estava desaparecido no Rio Dourados
VIOLÊNCIA SEXUAL OU DOMÉSTICA
Servidora estadual vítima de violência sexual ou doméstica terá prioridade na remoção