Menu
SADER_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
FATALIDADE

Homem morre afogado após pular em rio para fugir de fiscalização

27 Nov 2021 - 10h22Por Conteúdo MS

O corpo de Roberto Bispo Alves, de 54 anos, foi encontrado no rio Aquidauana, em cidade do mesmo nome, na Região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul, na manhã desta sexta-feira, dia 26 de novembro. O homem estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (24), após pular no rio para fugir de equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental), que realizava buscas por pesca ilegal.

Alves pescava com outros dois homens no rio Aquidauana quando policiais militares ambientais chegaram ao local. Foi quando os três homens pularam na água para escapar da PMA, já que a pesca no rio está proibida por conta do período de Piracema, que teve início em 5 de novembro e se estende até 28 de fevereiro.

Um dos homens que acompanhava Alves procurou uma delegacia de polícia de Aquidauana, na noite de quarta-feira (24). Ele informou que Alves estava desaparecido desde que pulou no rio.

O corpo de bombeiros iniciou as buscas por Alves e encontrou o corpo do homem na manhã desta sexta-feira (26). Ele morreu afogado ao pular no rio. Junto ao corpo, foi encontrada uma pistola sem registro.

O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana como morte a esclarecer, porte ilegal de arma de fogo e pesca predatória, pois foram encontrados também tarrafas, pretrecho proibido.

Leia Também

LUTO NA PM
PM emite nota de pesar pela morte do Oficial Fátimassulense encontrado sem vida em hotel
LUTO NA PM
Ex-morador em Fátima do Sul, Tenente da PMMS é encontrado morto em quarto de hotel na Capital
PROCESSO
Mulher de Fátima do Sul processa Gustavo Lima por citar número de seu celular em música
Imagem Ilustrativa - Menina foi estuprada dentro de uma conveniência - Crédito: André de Abreu/Arquivo CRIME
Criança de sete anos é estuprada dentro de conveniência
Jaqueline Hahn Tente, SECIC DOURADOS
Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados passa a contar com intérprete de Guarani
SEGURANÇA PÚBLICA
Feminicídios reduzem 83,3% em Campo Grande, aponta Secretaria de Justiça e Segurança Pública
POLÍCIA FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Ex-marido mata mulher com machado na frente da filha de 4 anos e se entrega em MS
PLANTÃO CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta pedir socorro, mas é morta com pedrada na cabeça em MS
Jardim MS News VÍTIMA IDENTIFICADA
Motorista que morreu em acidente era procurado pela polícia
Hoje de manhã, ainda havia vestígios do incêndio no local onde ocorreu a confusão.  INCENDIÁRIA
Mãe é presa após atear fogo em casa com bebê dentro