Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Polícia

Homem mata, a tiros, 6 netos e a própria filha

19 Set 2014 - 13h30Por Estadão Conteúdo

Um homem de 51 anos matou seis de seus netos - dentre ele um bebê de poucos meses - sua filha adulta e depois a si mesmo na pequena cidade de Bell, na Flórida. O atirador, Don Spirit, telefonou para os serviços de emergência na tarde de quinta-feira para dizer que ele poderia ferir a si mesmo e a outras pessoas, informou o xerife do condado de Gilchrist, Robert Schultz, durante coletiva de imprensa.

Quando um delegado chegou, Spirit cometeu suicídio e as autoridades encontraram as sete vítimas, mortas a tiros, "por toda a propriedade", disse Schultz.

Registros oficiais mostram que tanto Spirit quanto sua filha, Sarah Lorraine Spirit, tinham fichas criminais. Ela estava em liberdade condicional por um roubo ocorrido em 2013.

Don Spirit tinha ficha criminal em Tampa, onde foi detido por causa de um mandado de prisão em 1990. Ele foi preso outras vezes por contravenção, porte de drogas e por privar uma criança de comida e abrigo.

Segundo o site do Departamento de Correções da Flórida, ele foi libertado da prisão em fevereiro de 2006 por posse de arma.

Segundo uma matéria publicada pelo Orlando Sentinel em 2003, Don Spirit assumiu a culpa por porte de arma durante um acidente de caça que matou seu filho de 8 anos, Kyle, em 2001. Ele foi condenado a três anos de prisão e ficou bastante emocionado durante a audiência.

A matéria diz que durante uma caminhada pela floresta com Kyle e seu filho mais velho, Spirit viu que havia ferrugem no cano de seu rifle, que disparou, atingindo Kyle na cabeça.

O xerife não disse se a arma havia sido recuperada ou que tipo de armamento foi usado. Ele também não revelou qual teria sido o motivo do massacre, mas informou que policiais já havia sido chamados à casa anteriormente por diversas razões.

"Há uma série de perguntas não respondidas. Há perguntas para as quais nunca teremos respostas", disse ele.

Schultz também não revelou se Sarah Lorraine Spirit, de 28 anos, era mãe de um dos dois meninos e quatro meninas mortos, alguns dos quais passavam bastante tempo na casa, localizada na área rural da cidade.

Durante coletiva de imprensa posterior, Schultz divulgou os nomes das vítimas. Além de Sarah Spirit, foram mortos Kaleb Kuhlmann, de 11 anos; Kylie Kuhlmann, de 9; Johnathon Kuhlmann, 8 anos; Destiny Stewart, de 5; Brandon Stewart, 4; e Alanna Stewart, que havia nascido em junho.

Schultz disse que Spirit é o único suspeito e que algumas pessoas foram deixadas vivas na casa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BOI MACONHA
BOI MACONHA: Mais de 02 toneladas de maconha é apreendido em caminhão boiadeiro
DEU RUIM
Ladrão causa curto-circuito ao furtar fios de um poste de energia em MS
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
PAIXÃO PELA PM
Fã da Polícia Militar, pequeno João Guilherme ganha visita surpresa em aniversário
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
ACIDENTE FATAL
Homem de 48 anos morre ao cair de árvore quando tentava apanhar manga
ACIDENTE FATAL
Coordenadora de compras é encontrada morta caída ao lado de sua Honda Biz em MS
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista