Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
abuso sexual

Homem é preso acusado de abusar de garoto portador de deficiência em MS

20 Jan 2014 - 11h11Por Mídia Max

Homem identificado como Alison, de 18 anos, foi preso pela Polícia Militar, acusado de abusar sexualmente de um adolescente de 17 anos portador deficiência mental. O fato aconteceu em uma casa no bairro Guanandi, em Campo Grande.

A denúncia foi feita pela mãe da vítima que alega ter chegado em casa na noite de domingo (20) e ter sido abordada pelo filho reclamando de dores.Segundo ela o garoto tem a mentalidade de uma criança de 8 anos.

Em conversa mais detalhada, o filho contou que estava na rua quando foi abordado pelo acusado, que o teria chamado para “brincar”, quando foi vítima do abuso sexual.

Alison alega ter realmente assediado o menor, mas diz que não chegou a consumar o ato. “Realmente eu tentei mas não cheguei a praticar o ato porque ele reclamou. Foi um minuto de bobeira da minha parte. Estou arrependido e espero que a mãe dele me perdoe”,afirmou o acusado que foi encaminhado à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário- (Depac).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEODÁPOLIS - AÇÃO DA FORÇA TÁTICA
Traficante tenta fugir com 512 Kg de maconha e 9 Kg de Skank, bate carro e é preso em Deodápolis
ESTAVA DESAPARECIDO
Policial Militar é encontrado morto dentro de fossa e pode ter sido assassinado
FATALIDADE
Homem morre soterrado em armazém de soja enquanto fazia limpeza
SOB INVESTIGAÇÃO
Pai provoca acidente e mata filhos no Dia dos Pais
HOMICIDIO
Homem é morto em MS e moradores 'entregam' autor do crime para PM
ASSASSINATO
Rapaz que levou 18 tiros dentro de veículo morre em Dourados
SEQUESTRO
Pai é morto pela polícia ao ameaçar matar filha de três anos em milharal
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe vai à igreja e filho de 21 anos estupra irmã de 8
SURTO DA MACHADINHA
Empresário acusado de ameaçar prefeito 'peita' policiais penais e leva três tiros
AMEAÇAS DE MORTE
Empresário agride segurança e tenta invadir casa do prefeito