Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
VIOLENCIA DOMESTICA

Homem é morto após quebra-pau em residência em cidade do MS

Ele foi esfaqueado durante a confusão; suspeito do crime foi preso

21 Set 2020 - 09h21Por Sidrolândia News

Joelson Mesquita Dourado, 31 anos, morreu na noite de ontem (20), após s eenvolver em uma briga que começou dentro de uma residência e se estendeu pela rua, entre homens, mulheres e crianças, na Rua Norival Lopes de Moraes, no bairro Jardim Paraíso, em Sidrolândia.

Conforme o Sidrolândia News, Joelson foi esfaqueado e caiu no chão. O Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) foi acionado e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro do Hospital Dona Elmiria Silvério Barbosa.

Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. A Polícia Militar foi acionada e descobriu que o acusado de executar Joelson seria esposo da dona da casa onde a discussão teve início. Ele usou uma faca do cabo amarelo, utilizada em desossa. O objeto tinha vestígios de sangue e estava nos fundos do quintal da residência.

O suspeito foi preso em flagrante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TENTATIVA DE ESTUPRO
Vídeo mostra empresário assediando jovem na entrevista de emprego
PANE EM AVIÃO
'Sobrevivemos só com a água chuva', diz cantor de MT que ficou 24 dias na mata
ATO OBSCENO
Grafite em forma de vagina em fachada de sex shop vira caso de polícia em Dourados
JATEÍ MONITORADA PELA PM
Comandante da Polícia Militar apresenta sistema de monitoramento por câmeras para a cidade de Jateí
BRIGA DE CASAL
Marido tenta esfaquear mulher e coloca fogo na casa em Navirai
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem espancou ex com socos e joelhadas, desfigurando o rosto dela em Navirai
ACIDENTE FATAL
Idoso morre após ser atropelado na MS-141 em Ivinhema
DEEP CAUGTH
Professor de Direito é preso em operação contra a pedofilia na internet em MS
BONITO - MS - FERIADÃO
Policiais vão ficar em pontos estratégicos da cidade para evitar aglomerações no feriado em Bonito
MAUS-TRATOS
Homem é multado em R$ 3 mil por matar cachorro de vizinho a pauladas