Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
CONDENADO POR MATAR ESTUPRADOR

Homem é condenado a 10 anos de prisão por matar suspeito de estuprar sobrinha no MS

Crime aconteceu em outubro de 2022. Réu foi condenado a pena em regime fechado

23 Abr 2024 - 16h00Por Fátima News/ Redação

Victor Hugo de Matos Rech, de 24 anos, acusado de matar Mikael Douglas Sobrinho, de 25 anos em 2022 no Bairro Nova Lima, em Campo Grande, foi condenado durante julgamento ocorrido nesta terça-feira (23).

Victor confessou ter enforcado, algemado e carbonizado o desafeto. A justificativa dele seria por que Mikael teria estuprado a sobrinha, de três anos, de um colega do réu. O estupro teria ocorrido em 2015.


O promotor de Justiça, José Arturo Iunes Bobadilla Garcia, que representa a denúncia do Ministério Público, disse que caso parece se tratar de um Tribunal do Crime. Porém, ele nega pertencer a qualquer facção criminosa. A hipótese também foi levantada durante a investigação, sendo uma das suspeitas da Polícia Civil. “Não sou faccionado”, o réu nega.

O Conselho de Sentença rejeitou a qualificadora do meio cruel e o motivo torpe restou prejudicado, porém reconheceu a materialidade e a autoria do homicídio doloso qualificado pelo recurso que dificultou a defesa da vítima, assim como a causa especial de diminuição da pena, referente ao relevante valor moral e social. 

Victor foi condenado a pena de 10 anos de reclusão em regime fechado.


Confissão e assassinato

“Eu tinha uma filha de 11 meses na época, tinha acabado de perder minha esposa e estava criando ela sozinha. Fiquei muito revoltado, porque pensei que poderia ter sido com a minha filha. Então, decidi matar ele”, disse durante interrogatório.

Segundo o midiamax, o réu contou que, no dia do assassinato de Mikael, em 5 de outubro de 2022, estava no prédio onde mora, no Jardim Canguru, quando a vítima chegou ao local, depois de ter ficado cerca de sete anos sumida após deixar a cadeia, em 2015. Victor Hugo é amigo do tio da criança que foi estuprada, e relata que a família ficou anos sem saber o que fazer, principalmente porque Mikael cometeu o crime quando ainda tinha 17 anos, ficou sete meses detido e, ao completar 18 anos, foi solto.

Foi, então, que decidiu matar o desafeto. Conta que, primeiro, deu um mata-leão em Mikael e, depois, enforcou a vítima com uma manta que tinha no local. O réu afirma que Mikael “colocou a língua para fora e arroxeou” após o enforcamento. “Notei também que ele tinha parado de respirar”.

O corpo de Mikael foi encontrado com as mãos algemadas, e Victor Hugo garante que o prendeu após a morte dele. “Fiquei com medo dele voltar e reagir”, conta.

Com ajuda de outro envolvido, que foi identificado apenas como ‘Nando', colocou o corpo da vítima em um veículo Volkswagen Gol, e levou até a Avenida Marquês de Herval, região conhecida como ‘corredor do Nova Lima'.

No meio da rua, tirou o cadáver do carro e ateou fogo. A ação foi filmada pelo autor. Depois, conta que arrastou o corpo para o meio-fio e que Nando teria efetuado seis disparos na região dele, dos quais três o atingiram.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Foto: Divulgação Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Na Penitenciária da Gameleira I, saúde mental é trabalhada com internos em projeto contínuo
Divulgação/Redes sociais DESPEDIDA
Jovem militar que morreu de infarto fulminante sonhava em ser voluntário
Comunicação Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Polícia Penal fará exercício de defesa na Máxima com simulação e tiros sem munição real
O caso será investigado pelo SIG / Divulgação/JP News CRIME EM MS
Homem é executado a tiros dentro de casa em MS
Corpo foi encontrado algumas quadras depois da residência do casal  Foto: Mateus Nunes/TV Morena CRIME EM MS
Para salvar irmã de agressão, jovem mata cunhado com golpe de faca em MS

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'