Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de junho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
'Ad Sumus'

Gaeco faz operação para prender integrantes do PCC em 4 estados

24 Out 2013 - 15h03Por Correio do Estado

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul, está atuando na Operação “Ad Sumus”, deflagrada nesta quinta-feira (24), em Mato Grosso, para prender integrantes do PCC.

Ao todo a Justiça expediu 50 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão, que também estão sendo cumpridos nos estados de Rondônia, Mato Grosso do Sul e São Paulo. Desse total de acusados de envolvimento com o grupo criminoso, 19 já estão presos, segundo o Gaeco.

As investigações iniciaram em março do último ano até junho de 2013 e, nesse período, as prisões de alguns suspeitos foram realizadas, segundo o Gaeco. “A maioria dos delitos ocorreu em Cuiabá e Várzea Grande, contudo, vários crimes vergastaram municípios do interior, com destaque para Rondonópolis. Parte das atividades delituosas desembocaram suas nefastas consequências em outros estados da Federação, sobretudo Rondônia e Mato Grosso do Sul”, diz um trecho da denúncia do Ministério Público.

Atualmente, aponta o Gaeco, estima-se que existam mais de 100 integrantes dessa organização criminosa atuando em Mato Grosso, Alguns deles, mesmos presos, estariam praticando delitos. As investigações revelam que a atuação da facção começou em 1999, no estado, quando o suspeito 'Marcola' permaneceu detido por cerca de seis meses na Penitenciária Central do Estado (PCE) por promover um suposto roubo de R$ 6 milhões de uma agência bancária, em Cuiabá. No mesmo ano, no dia dia 5 de junho, ele e outros dois presos fugiram pela porta da frente do presídio.

Desde então, diz o MPE, o grupo vem tentando se organizar e fortalecer a facção no estado. Entre os recursos utilizados pelos criminosos estão 'teleconferências', onde os integrantes se interagem em tempo real. “O grupo possui estatuto próprio e regras rígidas. Cada “irmão” deve contribuir com o pagamento de uma taxa mensal, esteja ele preso ou em liberdade. O dinheiro arrecadado é usado para compra de armamento e drogas, além de financiar a fuga ou resgate de integrantes da facção criminosa”, consta trecho da denúncia. 

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

FOGO NO PANTANAL - Fotos: Saul Schramm AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros para atuar em incêndios flores
FOTO: LIGADO NA NOTÍCIA LUTO NA POLÍCIA CIVIL
Luto na Polícia Civil: Morre Marquinhos do SIG, família informa sobre velório e sepultamento
Reprodução/Rede social DESPEDIDA - DOR E TRISTESA
Morto por ladrões, 'Devanir do Táxi' era leal e respeitado
FOGO NO PANTANAL - Fotos: CBMMS FOGO NO PANTANAL
Equipes do Corpo de Bombeiros de MS atuam em várias localidades no Pantanal
O rapaz havia saído de uma empresa, onde buscava uma oportunidade de trabalho / Divulgação/Nova Fogo TRAGÉDIA
TRAGÉDIA: Jovem morre após acidente de bicicleta e carreta

Mais Lidas

FOTOS: GEONE BERNARDOVICENTINA 37 ANOS - FOTOS
Confira as FOTOS do Camarim e Abertura com Isadora Pompeo nos 37 Anos de VICENTINA
FOTO: LIGADO NA NOTÍCIALUTO NA POLÍCIA CIVIL
Luto na Polícia Civil: Morre Marquinhos do SIG, família informa sobre velório e sepultamento
Vicentina
Festividades dos 37 Anos de Vicentina-MS trazem grandes atrações, põe na quadrada do Balanço Geral
Simone Mendes - Imagem: Instagram @simonemendesVICENTINA - 37 ANOS - SIMONE MENDES
Quintouuu com Simone Mendes e seu 'Erro Gostoso' promete balançar as estruturas em Vicentina
Aniversário
Veja as fotos e vídeos do aniversário de Sophia Sanches e saiba como foi esse dia especial