Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 6 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
FUGIR DE ACIDENTE DÁ CADEIA

Fugir de acidente pode terminar com prisão de até um ano; entenda

Fugir de acidente pode terminar com prisão de até um ano; entenda

24 Ago 2019 - 15h15Por Top Mídia News

O delegado de Polícia da Depac, Campo Grande, Enilton Zala, faz um alerta para que a população não faça a famosa ‘fugidinha’ e deixe o local de um acidente de trânsito, sem prestar socorro para os envolvidos na situação. Segundo o delegado, existem duas situações estabelecidas pelo Código de Trânsito Brasileiro que configuram crime.

“Tem caso daquele que deixa de prestar socorro à vítima, deixa  de acionar socorro, e tem o caso de quem se afasta do local do acidente para fugir da responsabilidade penal ou civil, que pode ser atribuída com o acidente. Os dois casos geram pena de detenção”, explica Zala.

De acordo com o artigo 304 do CTB, “deixar o condutor do veículo, na ocasião do acidente, de prestar imediato socorro à vítima, ou, não podendo fazê-lo diretamente, por justa causa, deixar de solicitar auxílio da autoridade pública: penas - detenção, de seis meses a um ano, ou multa, se o fato não constituir elemento de crime mais grave”.

Conforme o artigo 305 do CTB, tentar fugir do local do crime para não ser responsabilizado pelo acidente gera pena de detenção de seis meses a um ano, ou multa por “afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída”.

“Aconselhamos que aquele que se envolva em um acidente permaneça no local, faça os contatos de socorro se estiver em condições, aciona a Polícia de Trânsito para que tudo corra bem”, finaliza o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OBSESSÃO
Dono incendeia supermercado para acabar com o Coronavírus
ASSASSINATO
Homem mata amante da esposa após o perseguir pela rua
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe e padrasto de uma adolescente de 12 anos são autuados por estupro de vulnerável
PONTE DE MADEIRA
Fogo 'engole' ponte e Agesul trabalha para liberar tráfego na MS-228
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
ESTUPRADOR PRESO
Mãe de menina estuprada pelo padrasto comemora prisão de estuprador e diz que agora está em paz
VIOLENCIA DOMESTICA
Mulher é agredida depois de flagrar esposa aos beijos com adolescente de 13 anos em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Polícias e Bombeiros do MS recebem R$ 50 milhões em investimentos do Governo do Estado
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça estrutura das polícias para combater criminalidade