Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 24 de junho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
polícia

Estelionatário de MS é suspeito de golpes no Paraná e diz que está rico

24 Set 2013 - 14h34Por Campo Grande News

Três meses depois de a Polícia indiciar Valfrido Gonzalez Filho, 34 anos, por aplicar novos golpes de dentro da cadeia, em Campo Grande, o estelionatário também é suspeito de fazer vítimas no Paraná. Com “talento nato” para imitações, ele se passa por médico e pede dinheiro a parentes de doentes, bem como pastor ou padre para arrecadar valores de instituições. Questionado, o autor nega os crimes, mas diz que “já está rico”.

Nesta terça-feira (24), mesmo recluso, ele foi levado para a 1ª Delegacia de Polícia, que conduz o inquérito policial. Dias antes, de acordo com o delegado Wellington de Oliveira, a unidade recebeu um ofício da Polícia Civil da Curitiba, informando que ele aplicou golpes em cinco pessoas naquele local. O valor do prejuízo não foi informado.

Ao Campo Grande News, Valfrido disse que não tem acesso a telefones celulares na cadeia. “Estou casado e tranquilo. Agora estou rico”, diz o “estelionatário dos médicos”, como o autor ficou conhecido.

Em seu último golpe, durante as madrugadas no Presídio de Segurança Máxima, ele fez mais seis vítimas, sendo que uma delas pagou ao bandido, em quatro parcelas, R$ 16 mil. A justificativa do crime é porque ele precisava “levantar dinheiro” para pagar uma dívida de R$ 6 mil.

Diversas facetas - Médico, no qual ele fazia o antigo interventor da Santa Casa, Issam Moissa, supervisor de hospitais, médico, desembargador, delegado, advogado, vereador, pastor e até padre, como o bispo emérito de Campo Grande, Dom Vitório Pavanello.

“Secretário de hospital é puxa-saco de médico. E o povo também gosta muito de médico e pastor. Esse dias inclusive até já rezei por uma senhora de madrugada. Ela me repassou o endereço da sua casa, telefone e quando disse que ia fazer uma oração, ela até confessou os pecados para mim. Após isso, disse ainda que iria voltar e fazer um trabalho na casa dela”, disse na ocasião o estelionatário.

Valfrido, que já está preso, pode aumentar a pena e responder por mais crimes de estelionato. A pena varia de um a quatro anos de reclusão.

 
Suspeito nega crime e disse que está casado e tranquilo. Foto: Marcos ErmínioSuspeito nega crime e disse que está "casado e tranquilo". Foto: Marcos Ermínio

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: Bruno Rezende FOGO EM PORTO MURTINHO
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho
Fotos: Bruno Rezende FOGO NO PANTANAL
Governo de MS declara situação de emergência em cidades afetadas por incêndios florestais
Crime aconteceu em frente à casa do casal; Fotos: Leandro Holsbach/Ligado Na Notícia CRIME
Mulher mata companheiro com golpe de faca no pescoço, 'Cansei de apanhar', disse ela
Fotos: Bruno Rezende FOGO NO PANTANAL
Pantaneiros elogiam ação coordenada contra o fogo e destacam bombeiros: 'sem eles, seria derrota na
IMAGEM: TOP MÍDIA NEWS ACIDENTE FATAL
FATAL: Vídeo mostra motorista furando sinal e matando motociclista

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede da guerreira Ivani Ferreira, conheça sua história por Adélio Ferreira
IMAGEM: TOP MÍDIA NEWSACIDENTE FATAL
FATAL: Vídeo mostra motorista furando sinal e matando motociclista
(Foto: Idest)ACIDENTE FATAL
Motociclista morre ao bater na traseira de trailer de lanches
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"
JATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA
Prefeitura sorteará 80 crianças para área VIP do show da Ana Castela, veja como participar em JATEÍ