Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
SOB INVESTIGAÇÃO

Envolvidos no desaparecimento do rapaz procurado pela mãe são presos pelo SIG em Caarapó

O indivíduo J.D.V que se intitula como mecânico é natural de Caarapó e reside na Rua D. Pedro II, na Vila Planalto. Já R.G.S.C também é de Caarapó, funileiro e reside na Rua Benjamin Constant, em Rio Brilhante.

15 Mar 2021 - 09h15Por Redação Fátima News

Uma equipe do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil de Caarapó (SIG) prendeu nesta quinta-feira os indivíduos J.D.V (31) e R.G.S.C (26). Os mesmos são acusados de tentativa de homicídio e desaparecimento de pessoa.

No último dia 5, a moradora de Caarapó Vera Lucia da Silva Ferreira (59) procurou a Delegacia de Polícia Civil para registrar o desaparecimento do filho Adriano Cláudio Ferreira (40), vulgo Merenda, o qual havia saído de casa no dia 1º deste mês, por volta das 18h.

Segundo o boletim de ocorrência, a testemunha E.A.M (43) foi quem viu “Merenda” no referido horário.

De acordo com a mãe seu filho estava de boa em casa e não aparentava estar sofrendo algum tipo de ameaça. A mesma disse ainda que ficou sabendo por terceiros que seu filho foi agredido por “R” que é um mecânico de motos.

A mãe informou também que o filho não tinha telefone para fazer contato com a família.

De acordo com informações do G1 MS, a vítima foi acusada de furto e levada para uma região de mata pelos suspeitos.

"Um dos autores o acusava de ter furtado objetos de uma oficina de motos. Na madrugada do dia do crime, o encontraram e levaram para um local ermo. A família registrou o desaparecimento e, quando soubemos da briga entre eles, a investigação já caminhava com uma tentativa de homicídio ou então com a hipótese dele estar morto, após 10 dias. Só que nós o encontramos perdido na mata", afirmou ao G1 o delegado Erasmo Bruno de Mello Cubas, responsável pelas investigações.

Adriano o Merenda foi encontrado nesta quinta-feira com a saúde bem debilitada e não respondia aos questionamentos. O mesmo foi encaminhado ao Hospital Beneficente São Mateus, pela equipe do Corpo de Bombeiros de Caarapó.

Conforme a postagem do G1 MS, a vítima não sabia responder nada e somente falava palavras aleatórias. Acredita-se que provavelmente ele não se alimentou e tomou apenas água de um brejo, nas proximidades de uma estrada vicinal atrás da empresa LAR, a uns 10 km, onde foi localizado.

O delegado de Caarapó pediu a prisão temporária dos suspeitos e ao serem localizados conseguiu-se achar o paradeiro da vítima também.

Conforme Cubas, os envolvidos prestaram depoimento, mas os detalhes serão mantidos em sigilo por enquanto.

O indivíduo J.D.V que se intitula como mecânico é natural de Caarapó e reside na Rua D. Pedro II, na Vila Planalto. Já R.G.S.C também é de Caarapó, funileiro e reside na Rua Benjamin Constant, em Rio Brilhante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Local onde crime ocorreu, no bairro Vila Margarida, em Campo Grande (MS)  Foto: Google Street View/Reprodução CRIME A ESCLARECER
Homem é morto a tiros após discussão em redes sociais em MS
ASSASSINATO
CRIME: Mulher é assasinada a tiros na frente de casa em MS
FEMINICÍDIO NO MS
FEMINICÍDIO: Professora é assassinada brutalmente a machadadas pelo ex-marido em MS
Colisão ocorreu no início da manhã de hoje em Maracaju - Crédito: Robertinho/Maracaju Speed ACIDENTE FATAL
Colisão frontal entre carro e carreta mata ocupante mata jovem de 19 anos em MS
É DE CORTAR O CORAÇÃO
Acidente mata tamanduá-bandeira e filhote é encontrado agarrado ao corpo da mãe morta em MS
LUTO NA POLÍCIA MILITAR
LUTO NA PM: Soldado morre aos 31 anos vítima da Covid em MS
A perícia esteve no local - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News TRISTE NOTÍCIA
Corpo de menina de 10 anos é encontrado, estava desaparecido no Rio Dourados
VIOLÊNCIA SEXUAL OU DOMÉSTICA
Servidora estadual vítima de violência sexual ou doméstica terá prioridade na remoção
VÍDEO - NA MACIOTA
VÍDEO: Casal furta TVs na 'maciota' no centro de Campo Grande, ASSISTA
Caso segue sob investigação da delegacia de Mundo Novo, com pouco mais de 16 mil habitantes (Foto: divulgação) ASSASSINATO
ASSASSINATO: Jovem de 23 anos é executado na frente da família