Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 31 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
CRIME ARQUITETADO

Empresário é assassinado na fronteira; bandidos seguem foragidos

Polícia não acredita em roubo por dinheiro e sim em crime arquitetado

13 Set 2019 - 07h40Por Porã News

Elesbão Lopes de Carvalho Filmo, 67 anos, comerciante dono da Casa das Embalagens, foi morto com dois tiros na nuca na noite de ontem, em Ponta Porã, cidade sul-mato-grossense que faz fronteira com o Paraguai.

Conforme informações do site Porã News, três homens armados invadiram a casa do empresário, na rua Heliodoro Alves Salgueiro, e renderam toda a família. Elesbão foi levado para o fundo da residência, onde recebeu os disparos fatais. Os assassinos chegaram a usar um travesseiro para abafar o barulho dos tiros.

Após a saída dos bandidos, a família conseguiu acionar a Polícia Militar, que foi ao local. Mesmo com bens levados e o cofre revirado, a Polícia Civil não acredita em roubo, já que o crime aparente ter sido planejado e arquitetado.

O SIG (Setor de Investigações Gerais) investiga o caso. O corpo de Elesbão foi encaminhado ao Instituto Médico e Odontológico Legal. Os bandidos seguem foragidos.

(Polícia no local do crime / foto: Porã Informa)

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO A ESCLARECER
AGORA: Jovem é morto por tiros de fuzil em MS
GLÓRIA DE DOURADOS - ASSALTO
Usando máscara, motoqueiro aponta arma para mulher e rouba celular em Glória de Dourados
FATALIDADE
Sindicato e alunos choram perda de diretora em Campo Grande: 'sigamos em oração'
LUZ DO DIA
Vídeo: Câmera flagra ladrão roubando bolsa neste sábado, de dia, em Dourados
ASSASSINATO EM MS
Amigos choram perda de casal assassinado na frente de filha de 3 anos em MS
ACIDENTE DE TRABALHO
Funcionário se joga de caminhão sem freio, mas morre atropelado
ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS
COVID-19
Delegacia de Ponta Porã é fechada após policiais testarem positivo para covid-19
INDIGNAÇÃO
Morte de homem negro asfixiado por policiais nos EUA gera indignação internacional
VICENTINA - DESAPARECIDO HÁ 73 DIAS
Desaparecido há 73 dias, família não perdeu a esperança de encontrar seu Manoel em Vicentina