Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
PROTESTO

Em oração, mulheres se juntam para mostrar luto e pedido de justiça para Carla

Mãe de Carla também participou da oração e ainda estava visivelmente abalada com o assassinato

6 Jul 2020 - 09h52Por Midiamax

Com máscaras, vestidas de preto e um símbolo marcado na palma da mão, cerca de 60 mulheres se reuniram na tarde deste domingo (5) em frente à conveniência, no Bairro Tiradentes, onde o corpo de Carla Santana Guimarães, 25 anos, foi deixado após a jovem ter sido sequestrada e assassinada. O grupo fez uma roda de oração que durou 30 minutos, mas serviu para mostrar luto e deixar um pedido de justiça pela morte da garota.

Bastante abalada e ainda sem muitas respostas sobre o assassinato, Evanir Santana Magalhães, 58 anos, preferiu não falar com a imprensa. O grupo dedicou um momento da oração para abraçar e mostrar condolências a mãe da menina.

Uma das organizadoras da oração, Telma Lima, afirmou que a intenção do ato é mostrar que as mulheres estão unidas pelo propósito de evitar que mulheres continuem a morrer de forma violenta em Campo Grande. “A intenção é essa, fazer um abraço coletivo nela, para mostrar que todas as mulheres estão juntas, porque se não cuidar, vira mais, está na hora de dar um basta”.

Ainda segundo a organizadora, os movimentos continuarão nas redes sociais e, nessa semana, pretendem conversar com um professor de artes marciais para realizar um curso com disponibilização de vídeos, ensinando as mulheres golpes de autodefesa para evitar constrangimentos no dia-a-dia.

Outra organizadora, Fátima Cardoso destacou que pretende conversar com políticos para que uma possível alteração em legislações sobre o assunto seja realizada. De acordo com a mulher, um deles seria quanto o registro de desaparecimento, para que ele possa ser feito nas duas horas seguintes ao ocorrido e não conforme consta atualmente, esperando 24 horas para o registro.

O sequestro e morte

Carla estava desaparecida desde o dia 30 de junho, quando saiu para ir a um mercado na companhia de uma amiga.  No dia do sequestro ela teria gritado por socorro. Para trás ficaram a máscara que Carla usava, o celular e os chinelos da jovem. Ela teria gritado que estava sendo sequestrada antes de ser levada. A mãe da jovem estava assistindo televisão quando ouviu os gritos e ao sair, Carla já tinha sido levada.

A polícia investigava o sequestro e imagens de câmeras de segurança que ficavam em uma padaria já tinham sido analisadas, mas como as imagens estavam prejudicadas não tinha como ver o carro que havia levado a jovem.

O corpo de Carla foi encontrado na manhã de sexta (3) por um tio e um primo que saiam para trabalhar. A jovem foi deixada nua e degolada em frente a uma conveniência, que fica na esquina da casa da família. Ela tinha mais três marcas de facadas no pescoço.

22 mulheres morreram de forma violenta em MS

Mato Grosso do Sul registou pelo menos 18 feminicídios em 2020, são dois a menos do que os ocorridos no mesmo período em 2019. No entanto, outras quatro mulheres foram assassinadas violentamente em Campo Grande, a princípio casos que não tratam de violência doméstica, sendo o último a morte de Carla Santana Magalhães, ainda em investigação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IRREGULARIDADES
Prefeitura contrata funerária para transportar pacientes vivos em MT
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Dono de Padaria de 78 anos estupra filha de funcionária de seu estabelecimento
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Homem procura a mulher e filhos que desapareceram na última semana em cidade do MS
RINHA DE GALOS
RINHA DE GALOS: local é fechado e proprietário autuado em R$ 7 mil
FOGO
INCÊNDIO NA MADRUGADA: Fogo destrói lanchonete, invade loja e queima várias motocicletas, VEJA FOTOS
CRIME A ESCLARECER
Homem é executado ao parar com Mercedez em semáforo
CARA DE PAU
Cliente põe o próprio cabelo em lanche e tenta não pagar. VEJA O VÍDEO
VIOLENCIA DOMESTICA
Veterinária é agredida por ex-namorado médico e diz que tem medo de dormir em casa
CRIME DE PISTOLAGEM
Pistoleiros chamam por rapaz no portão que é executado com tiros em Itaquirai
FÁTIMA DO SUL - ACIDENTE
Motociclista sofre traumatismo e fica gravemente ferido após acidente em Fátima do Sul