Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de junho de 2021
Busca
VISITAS SUSPENSAS

Covid-19: visitas em presídios de MS permanecem suspensas por mais 15 dias

A prorrogação é uma forma de garantir maior proteção não só aos internos e servidores, como também aos familiares dos detentos e à sociedade como um todo.

30 Mai 2021 - 09h05Por Portal do MS

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) prorrogou até o dia 10 de junho de 2021 a suspensão de atividades e visitas presenciais nas unidades penais de Regime Fechado de Mato Grosso do Sul. O novo prazo foi publicado no Diário Oficial do Estado do dia 27 de maio.

A prorrogação é uma forma de garantir maior proteção não só aos internos e servidores, como também aos familiares dos detentos e à sociedade como um todo. A medida visa evitar a entrada de grande volume de pessoas nos estabelecimentos prisionais, o que provocaria uma maior disseminação da Covid-19 no ambiente carcerário e fora dele.

Para se ter uma ideia, somente o Complexo Penitenciário de Campo Grande, localizado no Jardim Noroeste, recebia, em média, mais de 1,7 mil visitantes por final de semana.

Além disso, considera o expressivo aumento do número de pessoas infectadas pelo coronavírus em todos os municípios do estado, e o alto índice de ocupação dos leitos especializados neste tratamento.

Importante destacar que, dentre os casos confirmados dentro das unidades penais, mais de 99% já se encontram recuperados, demonstrando a atenção imediata e integral que é fornecida pela equipe da Agepen aos apenados. Atualmente, apenas 35 internos estão em tratamento, conforme consta no Boletim Coronavírus divulgado diariamente no site institucional.

A operacionalização das visitas sociais virtuais continuará sendo uma alternativa para priorizar o contato familiar durante o cumprimento de pena de homens e mulheres em situação de prisão.

Também estão interrompidas as atividades de assistência religiosa e ações das instituições cadastradas nesta autarquia.

A suspensão atende diretrizes do Ministério da Saúde, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e a recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tendo em vista a vulnerabilidade da população em situação de encarceramento.

A Agepen mantém os cuidados preventivos nos casos de entrada de novos custodiados, que passam por triagem preliminar. Em casos de suspeita, o interno recebe atendimento médico e é isolado da massa, se necessário. Testagens em massa também vêm sendo realizadas, quando necessário, bem como o isolamento e acompanhamento sistemático do quadro de saúde dos casos positivados.

O novo documento com prorrogação do prazo foi encaminhado aos presídios e unidades assistenciais da Agepen, além de órgãos públicos ligados à saúde, justiça, execução penal e afins para conhecimento.

Confira a publicação na íntegra, na página 137 (clique aqui).

Tatyane Santinoni, Agepen

Foto: Saul Schramm

Deixe seu Comentário

Leia Também

Policial
Criança de 6 anos sofre trauma de crânio após cair de atração no Beto Carrero World
DOENÇA DO SÉCULO
Por que irmãs gêmeas "que tinham tudo" acabaram se suicidando
CONVOCAÇÃO
PM convoca 58 oficiais e 207 soldados remanescentes dos concursos para cursos de formação
NO BOTE
menino de 3 anos sobrevive em barco por um dia, depois dos pais se afogarem
REAÇÃO CERTEIRA
Mulher flagra filha sofrendo estupro e esfaqueia pedófilo
Carro foi incendiado em Rio Brilhante - Foto: reprodução/redes sociais RIO BRILHANTE - POLÍCIA
Carro envolvido em acidente que matou motoentregador é incendiado em Rio Brilhante
VIOLENCIA DOMESTICA
Menina de 12 anos furta bisavô e leva 10 chibatadas da mãe por ordem do CV
AGLOMERAÇÃO
Vídeo: com mais de 150 pessoas, festa open bar em chácara é encerrada pela Guarda Municipal em MS
CRIME A ESCLARECER
Mulher de detetive particular é rendida, levada para matagal e executada com tiro na cabeça em MS
VÍDEO - CROCODILO INVADE PISCINA
Crocodilo luta brutalmente com resgatadores após invadir piscina, ASSISTA