Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
SOB INVESTIGAÇÃO

Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore

Corpo do homem, de 43 anos, estava ao lado de outra vítima, ainda não identificada pela polícia

6 Abr 2021 - 13h15Por O Tempo

A Polícia do Paraná investiga a morte de dois homens ocorrida nesse fim de semana: entre os mortos está um cantor gospel de 43 anos. O corpo de Oziel Rodrigues de Oliveira, assim como da outra vítima, ainda não identificada, foi encontrado amarrado com uma corda a uma árvore na estrada rural de Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, no último domingo (4). As informações são do G1.

Os dois foram alvejados por armas de fogo na região do rosto.  

Oziel era pastor e foi candidato a deputado estadual em 2018 pelo Partido Popular Socialista (PPS). Ele era casado e tinha duas filhas.  Em entrevista ao UOL, o sargento Jones Silva, do 17º BPM (Batalhão da PM) disse que os corpos foram encontrados por um morador da região. "Um cidadão passou lá, viu e veio aqui correndo acionar a gente. Constatamos os óbitos e não sabemos a relação entre as vítimas", declarou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA
Homem de 31 anos morre queimado ao tentar apagar fogo em fazenda de MS
TRAGÉDIA EM CACHOEIRA
Mãe e filha morrem vítima de tromba d'gua em cachoeira; cunhado também morreu
ASSÉDIO À MENOR
Pastor é investigado após ser filmado beijando e oferecendo dinheiro a adolescente de 14 anos
UTRAPASSAGEM FATAL
Tio e sobrinho morrem "esmagados" por caminhão em rodovia
FATALIDADE
Bebê morre eletrocutado após morder fio de carregador de celular
VAMOS AJUDAR
VAMOS AJUDAR: Família pede ajuda para encontrar jovem desaparecida
NOSSOS HERÓIS
Em 30 segundos bombeiro salva vida de bebê engasgada em MS, ASSISTA
AJUDA DO GPS
Após ficar 30h desaparecida, médica é encontrada em ribanceira com ajuda de GPS de celular
REVOLTANTE
A intérprete que descobriu na aula de Libras que pastor abusava de adolescente
LUTO NA POLÍCIA MILITAR
Sargento da Polícia Militar morre aos 44 anos por complicações da Covid