Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 4 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
violência no trânsito

BRs contabilizam 16 mortes em janeiro; um óbito a cada 27 horas

25 Jan 2014 - 10h23Por Campo Grande News

O balanço parcial da PRF (Polícia Rodoviária Federal) sobre acidentes registrados em janeiro deste ano aponta que o ano já teve 16 mortes e 112 acidentes nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Os dados levam em conta as ocorrências registradas até o dia 18 deste mês. É uma morte a cada 27 horas nas estradas federais do Estado neste ano, contra uma média de um óbito a cada 35 horas em janeiro do ano passado.

No levantamento também há os dados de anos anteriores, no entanto, os números correspondem aos meses de janeiro completos e não até o dia 18, como o divulgado referente a 2014.

De acordo com a PRF, foram 21 mortos no ano passado e 288 acidentes nas rodovias do Estado. Em relação a 2012, o ano passado teve aumento 24% no registro de mortes e 15% nos acidentes.

Outro dado aponta que também houve redução de acidentes nos anos de 2011 e 2012, todos os índices levam em conta os meses de janeiro.

Neste ano, as estradas federais tiveram 62 feridos leves e outros 19 em estado grave. No ano passado, os leves chegaram a 142 pessoas e os em estado grave somaram 50 vítimas.

 
Luiz presencia imprudência de motoristas de carro de passeio (Foto: Marcos Ermínio)Luiz presencia imprudência de motoristas de carro de passeio (Foto: Marcos Ermínio)

Imprudência – Para quem vive nas estradas, os índices representam o que vem acontecendo de forma repetida. Luiz Wiist, 54 anos, é natural do Rio Grande do Sul, mas percorre o Brasil na boléia do caminhão há 35 anos.

Ele explica que as maiorias dos acidentes são causados por ultrapassagem irregular. “A gente vê muito carro pequeno arriscando e é bastante preocupante. Tem gente que leva a família no carro, mas não tem consciência do perigo”, completa.

Já para os irmãos Lenilson Lorenz, 45, e Vilson Lorenz, 42, a falta de experiência nas estradas é o principal motivo dos acidentes.

“Tem muita gente que não tem experiência e se arrisca nas estradas. Eu acredito que a velocidade é um dos principais problemas e mata muita gente todos os dias”, completa Vilson Lorenz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Colisão entre camionete e saveiro deixa um morto em Caarapó
AÇÃO DA PMA
Arrendatários de fazenda são presos por crime ambiental e explorar trabalhadores em Nioaque
HOMICIDIO
Mãe de adolescente morta procurou bombeiros para defender genro após homicídio em Caarapó
HOMICIDIO
Mãe de adolescente morta procurou bombeiros para defender genro após homicídio em Caarapó
EXECUÇÃO
Homem é executado e duas pessoas ficam feridas com tiros em MS
ABSURDO
PMs flagram carro balançando e descobre casal transando na frente de criança
DOENÇA DO SÉCULO
Desespero na Madrugada: Avó encontra miss morta nos fundos de casa e 'tenta salvar vítima'
ASSASSINATO
Homem mata adolescente para defender enteado de 7 meses em Caarapó
ASSALTANTES
Dono de caminhão guincho finge desmaio para evitar ser morto e é atropelado por assaltantes em MS
VÍDEO
VÍDEO: Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em cidade de MS, Assista