Menu
SADER_FULL
quarta, 28 de julho de 2021
Busca
VEJA VÍDEO

Antes de morrer, vítima gravou áudio relatando que esposa e dois homens teriam realizado crime

Após ser ferido com aproximadamente oito facadas, Lucas conseguiu se desamarrar, sair de casa e pedir socorro aos vizinhos, sendo socorrido e encaminhado ao Hospital.

24 Jun 2021 - 15h10Por goionews

O advogado criminalista Luciano Katarinhuk conversou com a reportagem da CGN falando sobre as atualizações referentes ao homicídio de Lucas Barbosa da Silva.

O homem foi morto com golpes de facão no dia 02 de fevereiro de 2020, no município de Assis Chateaubriand, sendo que a esposa seria a mentora do crime, o qual teve a participação do amante dela e outros dois executores.
O assistente de acusação deu detalhes sobre como a morte foi planejada, entre a esposa e o amante, além da condição que a vítima foi deixada, sendo que foi amarrada para ser assassinada com golpes de faca e facão.
Apesar de estar amarrado e sedado, a vítima, que tinha mais de 1,90m e aproximadamente 100 quilos, conseguiu reagir a ação dos executores, tentando se esquivar dos golpes realizados com as armas branca.
Após ser ferido com aproximadamente oito facadas, Lucas conseguiu se desamarrar, sair de casa e pedir socorro aos vizinhos, sendo socorrido e encaminhado ao Hospital.
Antes de falecer, ele também contou aos policiais, que atenderam a ocorrência, como teria sido alvo do crime, sendo que relatou que foi amarrado pela esposa e também teria conseguido reconhecer os agressores, os identificando.
Os policiais conseguiram, ainda, gravar em áudio o relato da vítima, que, antes de morrer, deu os detalhes do próprio homicídio; ouça.
Após o crime, a esposa teria mandado mensagens de áudio ao pai de Lucas, afirmando que ambos haviam sido alvo de um assalto, mas o marido teria sido amarrado e esfaqueado pelos supostos criminosos.
Conforme o assistente de acusação, todas as provas captadas mostram o planejamento do crime, a tentativa de criação de um álibi, além da participação de todos os envolvidos.
Outra novidade, a qual corrobora a acusação e também foi juntada ao processo, são os vídeos que reproduzem em 3D o que teria ocorrido na cena do crime.
Desta forma, Katarinhuk espera que os quatro envolvidos no crime sejam acusados do assassinato e julgados da forma mais rigorosa possível, já que o crime tem quatro qualificadoras. (cgn/radarbo).
.
CLIQUE AQUI E VEJA REPORTAGEM COM O ÁUDIO DA VÍTIMA E SIMULAÇÃO 3D DA MORTE

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governador Reinaldo Azambuja destacou viés social do programa Ilumina Pantanal (foto: Edemir Rodrigues) AÇÕES DO GOVERNO DE MS
MS é referência nacional em energia renovável, diz ministro de Minas e Energia
CRUELDADE
Soldado morto em espancamento brutal e deixa três filhos pequenos
TENTATIVA DE ASSASSINATO
Jovem é surpreendido a tiros em frente à porteira de propriedade rural em MS
IMPRUDÊNCIA
Adolescente de 13 anos morre ao ser atropelado e revolta moradores de Dourados
FOTO: DIRETO DAS RUAS / PONTA PORÃ INFORMA CRIME
Casal é executado enquanto comemorava aniversário
MAIS SEGURANÇA NO MS
Governador anuncia mais 200 viaturas para polícias de MS; 'sensação de segurança', dizem policiais
INCENDIO NO PANTANAL
Ações de prevenção, monitoramento e pronta atuação dos bombeiros reduzem em 81% focos de calor no MS
VIATURA INVESTIMENTOS NA SEGURANÇA
Fátima do Sul vai receber, Governo de MS investe R$ 5,3 milhões, e entrega 31 viaturas a PM e Civil
LATROCINIO
Polícia Civil detalha prisão da dupla acusada de matar militar aposentado em Nova Andradina
Mulheres forma mortas a tiros e motivação pode ser religiosa. (Foto: Ponta Porã News) CRIME EM MS
Mãe e menina de 11 anos são mortas durante atentado em MS