Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
MEDICAL CENTER - POLONIO
FÁTIMA DO SUL - violência sem fim

Adolescente tenta matar irmãozinho com facão e ameaça populares em Fátima do Sul

Adolescente de 13 anos lidera grupo de meninos delinquentes em Fátima do Sul

28 Set 2013 - 10h12Por Da horanotícias

O adolescente H.I.C de 13 anos de idade que lidera a quadrilha de meninos delinquentes em Fátima do Sul, voltou a atacar nesta quinta-feira (26), desta vez ele pegou um facão para  tirar a vida de seu irmãozinho de nove anos, sendo impedido por populares que acionaram  Policiais Militares que conseguiram domina-lo.

H.I.C se especializou em chantagear e ameaçar os moradores e também aplicar vários golpes se utilizando de sua baixa estatura e da boa vontade da população em ajuda-lo.

Após o facão ter sido tomado, o adolescente teve a capacidade de ameaçar a vida de populares que o denunciaram, dizendo o nome dos filhos, o endereço onde moram com os pais e que vai se vingar nos filhos, mas antes iria quebrar vários carros com tijoladas.

O adolescente acompanhado pela avó, que declarou não conseguir dominar o neto e que ele ameaça surra-la também caso se meta com ele.

Leia Também

AMEAÇA DE MORTE
Marido faz cova no quintal e ameaça matar e enterrar a mulher em MS
EXECUÇÃO
Rapaz é assassinado na frente da mãe em Naviraí
TRAGÉDIA
Mulher de moto morre após desviar de buraco e cair embaixo de roda de carreta
OCULTAÇÃO DE CADÁVER
NOVA ANDRADINA: Corpo parcialmente queimado é encontrado dentro de fossa em sítio na Teijin
EXECUÇÃO
Homem é assassinado com aproximadamente 30 tiros de pistola em Dourados
GLORIA DE DOURADOS
Após bebedeira, armada de facão, mulher esfaqueia irmã e cunhado em Glória de Dourados
MACABRO
Homem é encontrado morto e sem órgãos
DEODÁPOLIS - MORTE A ESCLARECER
Homem é encontrado morto em residência em distrito do município de Deodápolis
TRAGEDIA NA RODOVIA
Dois empresários de MS morrem após acidente em Foz do Iguaçu
ACIDENTE FATAL
Acidente em Foz do Iguaçu provoca a morte de dois empresários de MS