Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 1 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
fatalidade

Acidente mata grávida e marido, mas bebê nasce com o impacto e é salvo

A criança nasceu no local do acidente e sobreviveu.

4 Fev 2014 - 13h49Por G1

O casal Vladimir Lopes Oliveira, de 30 anos, e Antônia Dulcimar Batista, de 28, morreu após a motocicleta em que estavam ser atropelada por um caminhão desgovernado na manhã desta terça-feira (4), no Residencial Cidade Verde em Goiânia. Grávida, a mulher morreu na hora. No entanto, a criança nasceu no local do acidente e sobreviveu. Encaminhada ao Hospital Materno Infantil, a menina ainda faz exames, mas a unidade informou que ela passa bem.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), a vítima, que era a passageira da motocicleta, expeliu o bebê com o impacto da colisão. "Ela expeliu sozinha o bebê. Não é normal. Só por Deus que a criança sobreviveu porque estourou todos os órgãos da mulher", afirmou o operador de frotas do Samu, Allan Rodrigues da Silva.

Diferentemente da versão apresentada pelo Samu, o sargento Idevandir Antônio da Silva do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar informou que um socorrista do Samu ajudou a retirar o bebê da barriga da mulher. Entretanto, o Samu não confirma a informação.

A equipe que socorreu a criança informou que o recém-nascido sofreu uma fratura na clavícula e apresentou um coágulo na cabeça. Conforme o Samu, a vítima aparentava estar no 8º mês de gestação.

Pai da criança, o condutor da motocicleta, chegou a ser socorrido consciente e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). No entanto, ele morreu durante procedimento cirúrgico na unidade de saúde.

Acidente
De acordo com a Polícia Militar, a motocicleta estava parada na frente de uma carreta no semáforo da Avenida Santa Maria, no Residencial Cidade Verde. Outro caminhão, que segundo o sargento do Batalhão de Trânsito, seguia em alta velocidade, não conseguiu parar a tempo e bateu na traseira carreta que estava frente, que acabou atropelando o casal.

O caminhoneiro que causou o acidente, de 36 anos, fugiu, mas voltou ao local da colisão com um advogado. Segundo o sargento, ele foi orientado a se apresentar na Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito de Goiânia (Dict).

Investigação
O caminhoneiro prestou depoimento no final da manhã na Dict. Segundo a delegada Silvana Nunes Ferreira, ele alegou que houve falha mecânica nos freios. "Vamos abrir inquérito para averiguar se realmente houve problema mecânico ou se ele foi imprudente. Vamos analisar as circunstâncias e pegar os registros dos radares instalados na via", explicou.

O motorista não ficará detido porque se apresentou espontaneamente à Polícia Civil. O teste de bafômetro apontou que ele não estava embriagado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata mulher em boate e depois morre carbonizado em acidente
EXECUÇÃO
Noite de terror deixa um homem morto, mulher e criança baleadas
TENTATIVA DE SUICÍDIO
Mulher perde guarda dos filhos e tenta se jogar de viaduto
MORTA NA CAMA
Esteticista é esfaqueada dois dias após 'casar'; Polícia investiga o marido
BRASIL - 173.229 MORTES
Casos e mortes por coronavírus no Brasil: 1° de dezembro, segundo consórcio de veículos de imprensa
IRREGULARIDADES
Seis postos de combustíveis abastecem menos do que o informado na bomba em MS
VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO
Em menos de 06 horas duas pessoas perdem a vida em acidentes de trânsito em Rio Brilhante
refens TERROR NA AGÊNCIA
Quadrilha sitia Centro de Criciúma e faz reféns em assalto a banco
Suspeito foi preso no assentamento onde morava com as vítimas. (Foto: Polícia Civil) CASO DE POLÍCIA
Homem estuprava as filhas de 11 e 14 anos e contava com o apoio da mãe em MS
SOB INVESTIGAÇÃO
Homem é encontrado morto dentro de banheiro de apartamento em Dourados