Menu
SADER_FULL
sábado, 4 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
TRAGÉDIA

Acidente com carro de luxo partido ao meio mata empresário

Acidente com carro de luxo partido ao meio mata empresário

28 Jun 2020 - 22h20Por Carolina Holland, G1 SC

O empresário Roberto Angeloni, de 51 anos, morreu em um acidente de trânsito por volta das 11h40 deste domingo (28) na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Ele estava em uma Mercedes-Benz que bateu na lateral de uma Ranger e, depois, colidiu em um poste. Com a força das batidas, o veículo em que a vítima estava se partiu ao meio.Carro ficou destruído após bater na lateral de outro veículo e, depois, em um poste em Biguaçu, na Grande Florianópolis  Foto: Odemar Andrade/NSC TVVeículo em que estava Roberto Angeloni ficou destruído após batida em SC   Foto: Divulgação/PRF-SC

Carro ficou destruído após bater na lateral de outro veículo e, depois, em um poste em Biguaçu, na Grande Florianópolis — Foto: Odemar Andrade/NSC TV

As informações foram repassadas pela Arteris Litoral Sul, concessionária responsável por esse trecho da rodovia, e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF-SC). O acidente foi no km 184,7 da pista, sentido norte (Curitiba), na faixa de acesso ao Posto Tijuquinhas.Veículo em que estava Roberto Angeloni ficou destruído após batida em SC   Foto: Divulgação/PRF-SCPoste foi derrubado em acidente na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis  Foto: PRF-SC/Divulgação

Veículo em que estava Roberto Angeloni ficou destruído após batida em SC — Foto: Divulgação/PRF-SC

A PRF-SC disse que já foi possível constatar que o carro em que estava o empresário estava acima do limite de velocidade permitido, mas não precisou a quantos quilômetros por hora porque a perícia ainda está em andamento.

Conforme a corporação, o veículo passou por algumas ondulações na pista e o motorista perdeu o controle do automóvel, que quase bateu numa mureta do lado esquerdo, colidiu na caminhonete, saiu da rodovia, entrou no pátio do posto e bateu no poste, que foi derrubado.

Angeloni morreu no local. Uma passageira do outro carro envolvido ficou levemente ferida e foi levada para o Hospital Regional de São José. O condutor da caminhonete não teve ferimentos.

Poste foi derrubado em acidente na BR-101 em Biguaçu, na Grande Florianópolis — Foto: PRF-SC/Divulgação

Roberto Angeloni, de 51 anos, morreu em acidente de trânsito em SC — Foto: Divulgação/Rede Angeloni

Roberto Angeloni era filho do fundador da Rede Angeloni, que tem supermercados, farmácias, postos de combustíveis e centros de distribuição de mercadorias. Nascido em Criciúma, no Sul do estado, o empresário era atualmente gerente de Operações da companhia. Por meio de nota, a empresa informou que ele deixa os pais, Antenor e Nolênia, os irmãos Cristina e Henrique, sobrinhos, tios e primos.

"Seu falecimento precoce deixa ainda imensa lacuna entre amigos e colegas, que guardam a imagem de um profissional sério e dedicado, que tinha como sonho levar o Angeloni a uma posição sempre mais destacada. A família agradece antecipadamente a todas as manifestações de pesar e solidariedade", diz a nota da Rede Angeloni.

As informações sobre o velório e o enterro do empresário ainda não foram divulgadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABSURDO
Após denúncia de maus tratos, bebê de 3 meses é encontrado com crânio fraturado
A MARDITA DA PINGA
A MARDITA: Homem mata amigo a facadas após terem passado o dia bebendo juntos
MUNDO MEDONHO
Mulher flagra marido com novinha e a faz andar pelada na rua
AÇÃO POLICIAL - TOQUE DE RECOLHER
Dona de bar é detida por descumprir toque de recolher em noite de arrastão policial em MS
FEMINICÍDIO
Marido é preso após matar mulher asfixiada e na fuga causa acidente de carro e deixa 08 feridos
FINAL TRISTE
FINAL TRISTE: Pai de jovem morta conta sobre última conversa com a filha: 'Oi paizinho. Depois nós s
BARBÁRIE
BARBÁRIE: policial paraguaio mata filhos de 1 e 2 anos, sogros, cunhadas e se mata
CONFLITO
Venezuela: operações de segurança deixam 1,3 mil mortos em cinco meses
TRAGEDIA NA RODOVIA
Pai e filho morreram enquanto tentavam encurtar viagem para São Gabriel-MS
CAMPO GRANDE
Sequestrada na terça-feira, Carla é deixada morta na esquina de casa na capital