Menu
SADER_FULL
segunda, 4 de julho de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SAIBA COMO FAZER

Teve prejuízos materiais durante o vendaval? Saiba o que fazer

19 Out 2021 - 07h49Por Correio do Estado

O vendaval de 102 km / h que atingiu todas as regiões de Campo Grande na última sexta-feira (15), pegou várias pessoas de surpresa, causando muitos prejuízos materiais. Em Campo Grande, já foram agrupados mais de 183 quedas de árvores.

Com isso, é importante saber quais os direitos que cada um tem nessas hipóteses.

Conforme explica o advogado, especialista em direito do consumidor, Leandro Provenzano, o proprietário do veículo, da residência ou do estabelecimento, tem o direito de entrar com uma ação contra a Prefeitura para ser indenizado.

"O dever de guarda pela segurança, de manutenção nas avenidas, das vias públicas, é da Prefeitura. Então esses danos podem, sim, ser superados pela Prefeitura, pelo dever de vigilância e fiscalização que toda a prefeitura tem com as vias públicas", esclarecido .

"Pode gerar uma indenização por danos materiais, que é o prejuízo financeiro que aquela pessoa teve, como também danos morais", acrescentou Provenzano.

Além disso, existem outras questões, como por exemplo, se o carro estiver em um estacionamento ou se a árvore estiver plantada em frente a uma residência, o dono da casa e do estacionamento para os processos.

Estabelecimentos que se reconhecem sem energia também podem ter direito à indenização, pois além do prejuízo financeiro, o local também irá perder clientes.

"Qualquer pedido dano que uma pessoa sofreu, ela pode entrar com um de indenização por danos materiais e moral também por quem causou esse dano, seja ele a prefeitura, a energisa, ou até mesmo o estacionamento".

De acordo com o procurador-geral do município, Alexandre Ávalo, casos como esses são imprevisíveis, foram situações causadas por eventos da natureza, o que não é uma regra do município ser responsabilizado.

"Se existir eventual processo mesmo, aí a prefeitura vai se posicionar. É um fato imprevisível, um evento da natureza. Com certeza não é uma regra ser responsabilidade da prefeitura", ressaltou.

AJUDA
Antes disso, as pessoas que têm suas casas atingidas pelo vendaval, podem entrar em contato com a Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiário (AMHASF), por meio do número 3314-3900 e solicitação ajuda.

O horário de funcionamento é das 8h às 17h, sem horário de almoço.

DICAS
Conforme orientação do advogado Leandro Provenzano, é necessário que a pessoa que foi prejudicada tenha:

fotos;
testemunhas;
orçamentos;
imagem de circuito externo de segurança;
tudo que pode servir como prova.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Tragédia: 05 pessoas da mesma família perdem a vida em grave acidente
ASSASSINATO
Jovem é morto a facadas em fazenda de MS
LUTO NA MÚSICA
Eduardo, dupla de Henrique, morre em acidente de carro em MS
INIMIGO INTIMO
Homem é preso após estuprar enteada desde os 6 anos em cidade do MS
CORPO IDENTIFICADO
Corpo encontrado em carro carbonizado é de professora de 45 anos
Daniel Pinheiro CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR
Governo autoriza concurso para Polícia Militar e Bombeiros
Fotos: Divulgação AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em dia de comemoração, Bioparque Pantanal e Corpo de Bombeiros celebram parcerias
Keila Oliveira, Agepen AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com 100% dos internos ocupados, sobram vagas em convênios de trabalho na Colônia Penal Três Lagoas
WASHINGTON LIMA - FÁTIMA EM DIA FÁTIMA DO SUL - BOM DE BOLA BOM NA ESCOLA
Projeto Bom de Bola, Bom na Escola é lançado em Fátima do Sul, VEJA FOTOS
FOTO: BOMBEIROS ACIDENTE NAS ESTRADAS
Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar socorrem casal de idosos que se envolveram em acidente