Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de janeiro de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ECONOMIA

Pagamento de abono salarial em 2022 ocorrerá entre fevereiro e março; veja datas

Ministério do Trabalho divulgou calendário de pagamentos para inscritos no PIS, pela Caixa Econômica

10 Jan 2022 - 15h12Por CNN Brasil

O Ministério do Trabalho e Previdência divulgou nesta segunda-feira (10) o calendário de pagamento do abono salarial para 2022. O benefício será pago entre os meses de fevereiro e março para inscritos no PIS/Pasep.

Ao todo, 23 milhões de brasileiros poderão receber o abono salarial, 22 milhões pelo PIS e 1 milhão pelo Pasep. Os benefícios que serão pagos totalizam R$ 21,82 bilhões.

Para ter direito ao pagamento, é necessário estar inscrito em um dos programas há pelo menos cinco anos, ter pelo menos um mês de atividade remunerada em 2020 e ter recebido no mínimo um mês de salário de até 2 salários mínimos no mesmo ano.

As datas para o pagamento e o valor que será pago poderão ser consultados no site do ministério a partir do dia 1º de fevereiro.

Segundo Onyz Lorenzoni, ministro do Trabalho e Previdência, a identificação dos habilitados para receber o abono passou a ser feita pelo ministério após recomendação de órgãos de controle, saindo da alçada da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Os pagamentos, porém, continuarão sob responsabilidade da Caixa – no caso do Programa de Integração Social (PIS) – e do Banco do Brasil – no caso do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

O pagamento deveria ocorrer entre o 2º semestre de 2021 e o 1º de 2022, mas o processo de ajuste desse processo levou a um “pequeno retardo”, segundo o ministro.

Com isso, os pagamentos serão feitos entre 8 de fevereiro e 31 de março, seguindo o mês de nascimento dos inscritos.

A única exceção é para trabalhadores de regiões de Minas Gerais e Bahia que foram afetadas pelas fortes chuvas desde dezembro. Nesse caso, cerca de 107 mil pessoas receberão o valor já no dia 8, independente do mês de nascimento.

Confira o calendário:

Data de pagamento do abono salarial para inscritos no PIS

Mês de Nascimento Data
Janeiro 08/02
Fevereiro 10/02
Março 15/02
Abril 17/02
Maio 22/02
Junho 24/02
Julho 15/03
Agosto 17/03
Setembro 22/03
Outubro 24/03
Novembro 29/03
Dezembro 31/03

Fonte: Ministério do Trabalho e da Previdência

Pedro Guimarães, presidente da Caixa, afirmou que a propensão de consumo do valor do abono salarial é de 100% já na semana de recebimento.

Segundo ele, o depósito do valor é feito via conta corrente ou poupança da Caixa, em conta digital via aplicativo. Para os que não conseguem abrir uma conta digital, é possível receber o valor suado o cartão do cidadão e a respectiva senha.

No caso do Pasep, o calendário de pagamento do abono salarial pelo Banco do Brasil começa a partir de 15 de fevereiro, terminando em 24 de março. A ordem segue o número final de inscrição no programa, com os de fim 0 e 1 recebendo em 15 de fevereiro, 2 e 3 em 17 e assim por diante.

Leia Também

Fotos: Edemir Rodrigues AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pavimentação da MS-352, em Terenos, recebe mais R$ 44,6 milhões para a segunda fase
Marcelo Armôa, Semagro AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo viabiliza reativar indústria esmagadora de soja em Bataguassu que vai gerar 100 empregos
KIT ESCOLAR
Governo fecha contrato de kits escolares; distribuição inicia em fevereiro
AÇÕES DO GOVERNO MS
Emoção e gratidão marcam famílias que começaram 2022 com conta de energia zero
Foto: Divulgação AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo repassa R$ 1,2 milhão do PRO-DESENVOLVE para obra de acesso a frigorífico em Paranaíba
Foto Capa: Dirley Oliveira/Seinfra AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Riedel e ministra Tereza Cristina avaliam perdas na safra em função da estiagem na região sul de MS
O BOTICÁRIO FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário oferece descontos de até 50% em mais de 600 produtos da marca, CONFIRA
KIT ESCOLAR
Governo compra kit's escolares deste ano para rede estadual
ENERGISA AÇÃO DO PROCON/MS
Procon/MS cobra da Energisa explicações sobre protesto em cartório de consumidores com débitos
INFRATORES
PMA autua 433 infratores e aplica R$ 7 milhões em multas por desmatamentos ilegais em 2021