Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de outubro de 2021
Busca
AÇÕES DO GOVERNO DE MS

'O que era bom, vai ficar melhor', a visão de quem frequenta o Parque dos Poderes

28 Ago 2021 - 08h35Por SUBCOM

O Parque dos Poderes já era bom e vai ficar ainda melhor com a revitalização, segundo avaliação do bacharel em Direito, Daniel de Carvalho Pestana, de 25 anos, que pratica exercício físico de segunda a sexta-feira no complexo. Centro dos três poderes do Mato Grosso do Sul: Executivo, Legislativo e Judiciário, o local recebe a primeira reforma completa nos seus quase 40 anos de existência.

“Eu gosto de correr olhando a paisagem, os animais, curtindo aquilo que estou vendo, além de ser bonito me traz tranquilidade. O que era bom vai ficar melhor”, afirmou Daniel. Para ele, só quem pratica exercícios no Parque sabe da necessidade que o local tinha de uma reforma. “Eu tiro o chapéu para o governador por essa reforma. Com ela, tudo vai melhorar, o fluxo de carro, de bicicletas, pessoas caminhando, correndo, estacionamentos melhores, e o principal, o risco de atropelamento cairá”, disse.

Rota obrigatória de ciclistas, o Parque dos Poderes recebe aproximadamente 120 atletas de segunda a sexta, número que aumenta aos finais de semana. O presidente da Associação Firebikes Team, Paulo Eduardo Lyrio, destaca que a obra proporcionará mais segurança aos atletas. “Melhora na sinalização de informação aos motoristas e motociclistas de que existem ciclistas transitando no local e em determinado dia da semana executando treino noturno”, disse. A implantação de ciclovia, na visão de Paulo, representa uma atenção do Poder Público a um segmento que só vem crescendo.

Acessibilidade – Os maiores beneficiados com a reforma são os cadeirantes. Acessibilidade nos estacionamentos é algo que não foi pensado quando o complexo foi criado, em 1982, e que está sendo implantada hoje. Funcionário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, Leonardo Fioravante,34 anos, é cadeirante e falou sobre as dificuldades enfrentadas no dia a dia.

Leonardo Fioravante trabalha na Assembleia Legislativa

“As pessoas com deficiência como eu, principalmente as que têm mobilidade reduzida, enfrentam vários obstáculos no dia a dia. São calçadas sem rampa de acesso, escadas e também a falta de transporte coletivo que tornam atividades simples em verdadeiros sacrifícios. Como já se não bastasse a nossa dificuldade locomotora, ainda temos que lutar pelos nossos direitos. Acho que os valores estão bem invertidos nessa questão, o fato de estarmos em uma cadeira de rodas não tira o direito de ir e vir”, desabafou.

Para Leonardo, é de fundamental importância a atitude do Governo do Estado de deixar as ruas do Parque bem asfaltadas, as calçadas acessíveis e os prédios do Poder Público sem nenhuma barreira arquitetônica. “Já é um grande caminho para que possamos ter mais avanço no nesse assunto. Que seja o início de uma revolução na questão de acessibilidade em todo nosso estado, que não fique apenas no Parque dos Poderes”, disse.

A obra – Com investimento de R$ 18,9 milhões, a revitalização do Parque dos Poderes conta ainda com a reforma dos estacionamentos, 4 quilômetros de pista de caminhada e 4,2 quilômetros de ciclovia no canteiro central. O complexo também ganhará 70 bancos de descanso, lixeiras, paisagismo e acessibilidade. 41 abrigos nos pontos de ônibus e o centro de apoio aos frequentadores, com banheiros, proporcionarão mais conforto a quem vai ao Parque dos Poderes.

O governador Reinaldo Azambuja destaca a importância da reforma do complexo, para Campo Grande. “Reconstruir esse parque é muito importante para a Capital e para Mato Grosso do Sul porque aqui, além de estar aqui as nossas secretarias, o local de trabalho de todos nós, é também um ponto de encontro de todo sul-mato-grossense e daqueles que vêm nos visitar”, afirmou. Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, a reforma é merecida. “Depois de quase 40 anos, o Parque finalmente, passa por esta merecida reforma. É o local que une o poder público, em seu trabalho diário e local de tomada de decisões, e as famílias campo-grandenses. Acabou virando um espaço importante da cidade de Campo Grande e de pessoas que vêm de fora. O projeto irá melhorar essa estrutura e atender os anseios da população”, ressaltou.

A obra será dividida em três etapas e a previsão inicial era de 540 dias para ser entregue. A revitalização será inaugurada nas comemorações dos 40 anos do Parque dos Poderes, que foi criado em 1982.

Leia Também

AUXÍLIO CAMINHONEIROS AUXÍLIO AOS CAMINHONEIROS
Bolsonaro anuncia novo Auxílio de R$ 400 para caminhoneiros, veja como será
PONTO FACULTATIVO
Para atualização do sistema de tecnologia da informação, Governo decreta ponto facultativo dia 01/11
Fotos: Guilherme Pimentel AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega moradias à população de São Gabriel do Oeste
AUXÍLIO BRASIL
Auxílio Brasil tem valor de R$ 400 confirmado; veja quem vai receber
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
A partir de inventário inédito, grupo empresarial planeja construção de 4 hidrelétricas em MS
Em entrevista à CBN Campo Grande, candidato à presidência da OAB-MS ressaltou que instituição deve ser apartidária e atuar em defesa da coletividade ELEIÇÕES NA OAB-MS
OAB não deve estar ligada a partido político, diz Bitto Pereira
GLÓRIA DE DOURADOS
Equipe da Energisa avalia situação de risco na 5ª linha em Glória de Dourados
MATO GROSSO DO SUL
Mato Grosso do Sul se mantém líder na exportação de tilápia no terceiro trimestre de 2021
ELEIÇÕES NA OAB-MS
OAB-MS: Comissão eleitoral suspende pesquisa sem registro da chapa de Magrini
CONQUISTA DEPUTADA MARA CASEIRO
Após pedido de Mara Caseiro, governador confirma asfalto da Estrada da Balsinha para início de 2022