Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de outubro de 2021
SADER_FULL
Busca
ERUPÇÃO SOLAR

Nasa registra maior explosão solar desde 2017

Fenômeno espacial causou breve "apagão" de rádio na Terra

5 Jul 2021 - 15h28Por Diario do Nordeste

A Nasa, agência espacial norte-americana, registrou, no último sábado (3), a maior explosão solar já vista desde 2017. Conforme as autoridades, a força da explosão foi suficiente para provocar um breve "apagão" de rádio na Terra.

O órgão governamental divulgou uma imagem que mostra a erupção solar, a qual pode ser vista em destaque na parte superior direita da estrela.

Segundo a Agência Espacial Europeia (ESA), uma erupção solar é uma tremenda explosão que ocorre no Sol quando a energia armazenada em campos magnéticos "torcidos" — geralmente acima das manchas solares — é liberada subitamente.

Em questão de apenas alguns minutos, elas aquecem o material a "muitos milhões de graus" e produzem uma explosão de radiação em todo o espectro eletromagnético, incluindo ondas de rádio a raios X e raios gama. Elas podem ser classificadas em três tipos: C, M e X.

A erupção desse sábado ocorreu em uma mancha solar denominada "AR2838", sendo classificada pelo Space Weather Prediction Center (SWPC), o centro de Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA, como um poderoso evento de classe X.

O QUE É EXPLOSÃO SOLAR DE CLASSE X

De acordo com a Space, publicação especializada em conteúdos de espaço e astronomia, as explosões solares de classe X são o tipo mais forte de erupção solar. Caso ocorram em direção à Terra, podem chegar a pôr astronautas e satélites em perigo no espaço, bem como interferir nas redes energéticas do planeta.

Além disso, as erupções solares mais moderadas de classe M também podem sobrecarregar as auroras da Terra e proporcionar "exibições deslumbrantes".

O portal climático Spaceweather, que rastreia eventos espaciais, informou que a erupção, de classe X1.5 na escala que rastreia eventos solares, girou para o outro lado do Sol. "A mancha se foi tão rápido quanto apareceu", comunicou o veículo, acrescentando que, no dia 4 de julho, a explosão girou sobre o noroeste e passará as próximas duas semanas transitando pelo outro lado da estrela.

Ainda conforme o Space, o clima solar, assim como o do planeta Terra, também possui ciclos particulares, os quais podem ter fases ativas e outras com níveis mais baixos de atividade. O atual, chamado ciclo solar 25, teve início em 2020. 

Leia Também

SMARTPHONES
Smartphones: uma janela para o mundo de serviços
OUTUBRO COM CHUVA
Primeiro final de semana de outubro terá chuva e calor em Fátima do Sul e Mato Grosso do Sul
PICTURE SEO E SEUS BENEFÍCIOS
Os benefícios de SEO para comércio eletrônico
TEMPO CHUVOSO
Temperatura alta trás chuva para Fátima do Sul final de setembro
POSSIBILIDADE DE CHUVA
Vento frio pela madrugada ameniza onda de calor e pode trazer chuva para Fátima do Sul
ENGENHARIA MECÂNICA DA UNIGRAN
Engenharia Mecânica da UNIGRAN reforma e entrega brinquedos para Pestalozzi
PGE MS
Com 42 anos de existência, PGE segue representando o Estado com excelência
CARROS SEMINOVOS
Como fazer uma boa escolha de veículos seminovos
TEMPO SECO E QUENTE
Primavera terá La Niña de fraca intensidade, chuvas abaixo da média e muito calor em Fat. Sul e MS
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo de MS investe R$ 4 milhões em pesquisas para alcançar carbono neutro até 2030