Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
MONSTRUOSIDADE

Menina de 2 anos apanhava com corda de curral e era estuprada pelo pai duas vezes por semana

Aneuza Pinto Ponoceno, mãe adotiva da criança, detalhou também que Maria Vitória, de 2 anos, era o obrigada a 'desfilar' nua e rebolar.

16 Nov 2021 - 13h56Por Reporter MT

A menina Maria Vitória Lopes dos Santos, 2 anos e 7 meses, que morreu na segunda-feira (08) no Pronto-Socorro de Várzea Grande, após ser vítima de maus-tratos pelos pais, em Poconé (104 km de Cuiabá), apanhava com corda de curral, além de sofrer outras agressões e até mesmo privação de alimentação.

Aneuza Pinto Ponoceno, mãe da criança, detalhou o que a menina sofria enquanto morava com ela e seu marido Francisco Lopes da Silva. A menor ainda era obrigada a ‘desfilar’ nua e rebolar para “satisfazer a lascívia repugnante de Francisco”.

A mulher também revelou que a criança era estuprada pelo menos duas vezes na semana, onde ela chorava de dor e gritava: “Não, não, dói, dói”.

Ela ainda admitiu que há dois meses teria observado que o ânus da criança estava bastante machucado e alargado. Além disso, após os estupros, era encontrado sangue na frauda da menina.

Os policiais também tiveram acesso aos celulares de Aneuza e Francisco, onde encontraram vídeos que demonstraram a tortura sofrida pela criança.

Segundo a investigação conduzida pelo delegado Maurício Maciel, a guarda provisória da criança estava com o tio paterno e sua esposa há cerca de cinco meses. O casal morava em um sítio com a menina, na região rural de Poconé.

Os dois vão responder por homicídio qualificado maus tratos, estupro de vulnerável e tortura. Ambos continuam presos.

Leia Também

LUTO NA PM
PM emite nota de pesar pela morte do Oficial Fátimassulense encontrado sem vida em hotel
LUTO NA PM
Ex-morador em Fátima do Sul, Tenente da PMMS é encontrado morto em quarto de hotel na Capital
PROCESSO
Mulher de Fátima do Sul processa Gustavo Lima por citar número de seu celular em música
Imagem Ilustrativa - Menina foi estuprada dentro de uma conveniência - Crédito: André de Abreu/Arquivo CRIME
Criança de sete anos é estuprada dentro de conveniência
Jaqueline Hahn Tente, SECIC DOURADOS
Delegacia de Atendimento à Mulher de Dourados passa a contar com intérprete de Guarani
SEGURANÇA PÚBLICA
Feminicídios reduzem 83,3% em Campo Grande, aponta Secretaria de Justiça e Segurança Pública
POLÍCIA FEMINICÍDIO
FEMINICÍDIO: Ex-marido mata mulher com machado na frente da filha de 4 anos e se entrega em MS
PLANTÃO CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta pedir socorro, mas é morta com pedrada na cabeça em MS
Jardim MS News VÍTIMA IDENTIFICADA
Motorista que morreu em acidente era procurado pela polícia
Hoje de manhã, ainda havia vestígios do incêndio no local onde ocorreu a confusão.  INCENDIÁRIA
Mãe é presa após atear fogo em casa com bebê dentro