Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
FINAL TRISTE

Mais uma paciente transferida para Rondônia perda a batalha para o Covid, essa é a 17ª vítima das 37

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou nesta segunda-feira (05)

5 Jul 2021 - 17h35Por Correio do Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou nesta segunda-feira (05) o 16º óbito dos pacientes Covid transferidos para outros estados para receberem tratamento adequado. 

A mulher de 41 anos, era moradora do município de Bonito e havia sido transferida para Porto Velho em (2) de junho e faleceu no dia de ontem (4).

Em nota, um SES lamentou profundamente a morte de mais um sul-mato-grossense. 

Conforme a massa, o translado terrestre do corpo será feito pelo Governo do Estado até o município de origem, para que o sepultamento seja realizado pela família. 

De acordo com a SES o primeiro óbito foi de uma paciente de 52 anos do município de Dourados em (7) de junho, em Porto Velho (RO). O segundo foi em (8) de junho, um homem de 53 anos, do município de Maracaju faleceu no Estado de São Paulo. 

Em (8) de junho também foi registrado o terceiro óbito, de um homem de 66 anos, de Campo Grande, que estava internado em São Paulo.

O quarto óbito é de um homem de 76 anos de Campo Grande que havia sido transferido para São Paulo e faleceu em (10) de junho. 

Ainda de acordo com o monitoramento da SES, o quinto foi de uma Mulher de 71 anos, moradora de São Gabriel do Oeste, transferida para São Paulo e faleceu em (10) de junho.  

O sexto óbito é de um homem de 60 anos, morador de Campo Grande que havia sido transferido para São Paulo em (6) de junho e faleceu em (12) de junho. 

A sétima perda foi de uma mulher de 57 anos, moradora da cidade de Maracaju que estava internada em São Paulo e faleceu em (16) de junho. 

No dia (18) de junho foi registrado o oitavo óbito, uma mulher de 71 anos, moradora de Campo Grande que estava internada em São Paulo.

O nono óbito foi de uma mulher de 62 anos, moradora de São Gabriel do Oeste em (20) de junho, que estava internada em São Paulo.

Um homem de 36 anos, foi a décima vítima, morador de Dourados, estava sendo atendido em São Paulo e faleceu no dia (22) de junho. 

O décimo primeiro óbito foi de um homem de 62 anos, morador de Maracaju, transferido para São Paulo, vindo a falecer no dia (23) de junho.

A décima segunda vítima foi uma mulher de 67 anos, moradora de Campo Grande transferida para Porto Velho e veio a óbito no dia (27) de junho. 

Um dia depois da perda da décima segunda paciente, foi registrado o óbito do 13º paciente transferido do Estado, o homem de 82 anos, morador de Campo Grande, estava sendo tratado em São Paulo, mas não resistiu e veio a óbito no dia (28 ) de junho.

O 14º óbito foi um homem de 52 anos, morador de São Gabriel do Oeste, que faleceu no dia (29) de junho em São Paulo.

Um homem de 66 anos, morador de Dourados, transferido para São Bernardo do Campo foi o décimo quinto óbito, falecendo no dia (3) de julho.

Conforme informações da Secretaria de Estado de Saúde, onze transferidos recebidos alta hospitalar e já estão com suas famílias. Do total de transferidos, 10 ainda recebendo atendimento médico. 

Situação de MS
Mato Grosso do Sul contabiliza 317 casos confirmados de Covid-19 nas últimas 24 horas. A taxa de contágio está em 0,97, percentual indicado por especialistas para que haja freamento da pandemia.

Mato Grosso do Sul totaliza 338.645 testes postivos e 8.365 óbitos desde o começo da pandemia, sendo 34 confirmados de ontem (5) para hoje (6).

Número de internações também registrou queda em Mato Grosso do Sul. Existem 26 doentes à espera por um leito nesta segunda-feira (5) em Mato Grosso do Sul, conforme dados do Boletim Epidemiológico da SES.

Na Central de Regulação da Capital, 23 enfermos aguardam por uma vaga, sendo 22 apenas de Campo Grande.

Já na Central de Regulação de Dourados, uma pessoa está na fila esperando um leito em hospital. Na Central de Regulação do Estado (CORE), aguardam 2 pacientes.

São 715 pessoas hospitalizadas, sendo 298 em leitos clínicos (212 público; 86 privado) e 417 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (338 público; 79 privado).

Leia Também

BONITO
Projeto Batuque-se leva oficinas de percussão a ONGs e escolas estaduais de Campo Grande e Bonito
BONITO
Investimentos em obras e equipamentos modernos, aeroporto de Bonito amplia capacidade de operações
BONITO
Turismo de Bonito tem o melhor setembro dos últimos 7 anos
BALNEÁRIO MUNICIPAL DE BONITO BONITO - CHURRASQUEIRAS NO BALNEÁRIO
Confira as regras para comercialização de churrasqueiras no Balneário Municipal em Bonito (MS)
museu subaquatico2_1 MUSEU SUBAQUÁTICO
Nascente Azul projeta primeiro museu subaquático de água doce em MS
Curtição nas águas cristalinas de Bonito tem preferência dos turistas: flutuação lidera visitações. Foto: Alexis Prappas FERIDÃO PROMETE EM BONITO
BONITO se prepara para receber 10 mil turistas no feriado prolongado do 'saco cheio'
BOLETIM COVID-19 EM MS
A Pandemia ainda não acabou e MS registra mais 12 mortes por Covid, confira o boletim
BONITO BONITO - FERIADÃO DO SACO CHEIO
BONITO: Feriado prolongado de outubro deve receber mais de 10 mil turistas e esgota reservas
 Dica: antes de fazer flutuação nas águas cristalinas do destino, conheça as espécies de peixes no Aquário de Bonito. Fotos: Alexis Prappas BORA PRA BONITO - MS
Em Bonito MS, o Aquário de Bonito é um passeio inesquecível para crianças e adultos
EM BONITO - MS
Conheça o maior rapel de plataforma do Brasil com 90m de descida e há quase 200m do chão em Bonito