Menu
SADER_FULL
quarta, 26 de janeiro de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
FATALIDADE

Homem morre afogado após pular em rio para fugir de fiscalização

27 Nov 2021 - 10h22Por Conteúdo MS

O corpo de Roberto Bispo Alves, de 54 anos, foi encontrado no rio Aquidauana, em cidade do mesmo nome, na Região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul, na manhã desta sexta-feira, dia 26 de novembro. O homem estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (24), após pular no rio para fugir de equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental), que realizava buscas por pesca ilegal.

Alves pescava com outros dois homens no rio Aquidauana quando policiais militares ambientais chegaram ao local. Foi quando os três homens pularam na água para escapar da PMA, já que a pesca no rio está proibida por conta do período de Piracema, que teve início em 5 de novembro e se estende até 28 de fevereiro.

Um dos homens que acompanhava Alves procurou uma delegacia de polícia de Aquidauana, na noite de quarta-feira (24). Ele informou que Alves estava desaparecido desde que pulou no rio.

O corpo de bombeiros iniciou as buscas por Alves e encontrou o corpo do homem na manhã desta sexta-feira (26). Ele morreu afogado ao pular no rio. Junto ao corpo, foi encontrada uma pistola sem registro.

O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana como morte a esclarecer, porte ilegal de arma de fogo e pesca predatória, pois foram encontrados também tarrafas, pretrecho proibido.

Leia Também

Ana Carolina estava de plantão quando foi encontrada morta em pronto socorro ENCONTRADA MORTA
Médica é encontrada morta dentro de banheiro de pronto-socorro em SP
POLÍCIA CIVIL CONFIRA O EDITAL DE CONVOCAÇÃO
Publicado edital de convocação dos candidatos classificados para a prova de títulos da PCMS
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
PLANTÃO POLICIAL CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta matar marido com facadas no peito após sofrer humilhações por anos
Rua Vaz de Caminha, no Noroeste, onde fica casa onde crime ocorreu. (Foto: Google Maps)  CRIME NA CAPITAL
Mulher alega ser humilhada há dez anos e esfaqueia o marido em MS
Família abre caixão e encontra corpo de outra pessoa com roupas e peruca da vítima
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ASSASSINATO
Assassino diz que matou mulher após sexo em Bandeirantes
Cb image default Imagens: Márcio Rogério / Nova News - Redes Sociais NOVA ANDRADINA - MORTE A ESCLARECER
Corpo de ciclista tinha sinais de violência, ela saiu de casa para pedalar e foi encontrada morta