Menu
SADER_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CIA DO BICHO
DO CÉU AO INFERNO

Famoso por curas e libertações em MS, Padre Benedito nem come mais após ser 'encostado' pela Igreja

Ele vive em depressão e só quer voltar a celebrar missas

16 Ago 2020 - 11h05Por Topmidia news

O padre Benedito Francisco de Oliveira foi "do céu ao inferno", em pouco menos de três anos. Famoso pelas ‘’show missas’’ de curas e libertações, em MS, o sacerdote carismático foi transferido para São Paulo, em 2017, e desde então ficou sem igreja. A suspeita de amigos e fiéis é que lideranças tradicionais da Igreja Católica não aprovavam o movimento carismático que ele representava. 

''Ele fazia missas carismáticas, levava multidões no Estado todo. Há dois anos ele tenta voltar a exercer o sacerdócio, mas a igreja não quer'', garante uma fiel.

Encostado, Benedito, que tanto clamou para curar os doentes, hoje vive perto de Marília (SP), depressivo, com diabetes e sequer tem vontade de comer. 

A amiga, que conheceu o padre no auge da fama, garante que já foram enviadas cartas para Dom Dimas Lara Barbosa, arcebispo de Campo Grande, e até para o Vaticano, suplicando ajuda por Benedito. 

''Pode ser em qualquer lugar do Brasil que ele vai. A vida do cara é isso. Ele vive com depressão por não fazer o que gosta'', destaca. 

Padre 'exorcista' deixou fiéis em MS. (Foto: Divulgação - Reprodução O Progresso)

Ainda em 2017, Benedito destacou, ao Noticidade, que sua linha de pregação e trabalho, que inclui sessões de exorcismo, não costumava ser bem recebida pelos colegas e isso poderia ter levado o seu contrato a não ser renovado. 

Multidões

Padre Benedito passou oito anos em terras guaicurus, sendo primeiro em Jardim. Depois se dedicou à comunidade de Dois Irmãos do Buriti, onde ia pregar para indígenas, em distritos e presídios. Na missa de despedida dele, em Dois Irmãos, a igreja Matriz recebeu cerca de dois mil fiéis. 

Conforme apurado pelo TopMídiaNews, a despedida dele gerou muita comoção entre os fiéis de todas as regiões do Estado. 

Procurada pela reportagem, a Arquidiocese de Campo Grande prometeu resposta, mas até agora não retornou. O site questionou se, apesar da área de atuação de Benedito ser em São Paulo, a liderança daqui não podeeria fazer um apelo para trazer o padres de volta, atendendo assim o apelo dos fiéis. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ABORTO AOS 10 ANOS
Igreja Católica afasta padre de MT que disse que menina estuprada gosta de dar
INDIGNAÇÃO
Mais de mil padres usam carta para criticar Jair Bolsonaro
ASA - VICENTINA
Assistência Social Adventista de Vicentina distribuiu mais de 2 toneladas de alimentos
HOMENAGEM
Igreja Adventista de Itaporã homenageia profissionais do Hospital Municipal
PROTESTOS
Evangélicos protestam em frente à prefeitura de Dourados por fechamento de igrejas
ANIVERSÁRIO PE. WELLINGTON
Comunidade de Fátima do Sul celebra aniversário do Pe. Wellington Macedo
DECLINIO
Bispos e pastores da Universal se rebelam contra Edir Macedo e mudam nome da igreja em Angola
RELIGIÃO
VIDEO: Gloriadouradense viralizou na internet lavando louça e adorando a Deus
DESAFIANDO O PERIGO
Em culto lotado, fieis são convidados a compartilhar abraços em igreja de MS
SÚPLICAS
COVID: Marquinhos mostra fervor religioso e Campo Grande tem ‘blindagem’