Menu
SADER_FULL
quarta, 10 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
COLONIA PENAL

De sistema hidráulico a troca de telhado, celas do semiaberto de Três Lagoas ganham reforma geral

Os trabalhos mais recentes envolveram a reforma de celas, desde o sistema de encanamento à troca do telhado.

14 Out 2021 - 07h41Por Portal do MS

A Colônia Penal Industrial “Paracelso de Lima Vieira de Jesus”, de Três Lagoas (CPITL) vem recebendo uma série de obras de reestruturação, visando a realização de custódia e desenvolvimento do tratamento penal com melhor estrutura e qualidade. Os trabalhos mais recentes envolveram a reforma de celas, desde o sistema de encanamento à troca do telhado.

Os trabalhos são realizados com mão de obra prisional e financiados com recursos provenientes do desconto de 10%, realizado pelo Poder Judiciário, do salário de cada interno envolvido em atividade laboral remunerada na unidade prisional, além de recursos próprios da unidade de regime semiaberto masculino.

De acordo com o diretor da CPITL, José Antônio Garcia Sales, foi feita toda parte elétrica, hidráulica e pintura das 11 celas, realizada com o trabalho de internos; além da substituição do telhado de quatro delas por estrutura metálica, através de empresa especializada contratada. Essas obras envolveram um investimento de cerca de R$ 92 mil.

“Vão impactar em melhorar o cumprimento da pena, pois os custodiados estarão em um ambiente sem nenhum vazamento e com toda a estrutura para que possam ter um cumprimento mais digno”, destaca Sales.

Continuidade

A reforma das celas são continuidade de várias melhorias que o presídio vem recebendo, entre elas a ampliação e readequação do setor de saúde, para implantação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional (PNAISP), do Ministério da Saúde, já concluída.

Também foram construídas as salas de atendimento psicossocial e dos professores, além do alojamento feminino, revitalização do setor educacional e readequação da copa e cozinha.

Além da parte assistencial, as obras também têm reforçado a segurança do local, como a reestruturação da portaria para implantação da identificação magnética dos internos que trabalham dentro e fora da unidade, bem como a construção de um posto de vigilância com videomonitoramento.

“O objetivo principal é dar um atendimento adequado aos internos e aprimorar o ambiente de trabalho para os servidores”, destaca o diretor da unidade prisional.

Todas essas melhorias têm sido executadas com recursos provenientes de penas pecuniárias, liberadas pelo Ministério Público e pelo juiz corregedor dos presídios de Três Lagoas, Rodrigo Pedrini Marcos. O projeto foi realizado pela Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), por meio da direção da CPITL, e conta com apoio do Conselho da Comunidade de Três Lagoas.

Keila Oliveira, Agepen

Foto: Divulgação

Leia Também

SUCOS DO PANTANAL
Estudantes de MS recebem R$ 100 mil por negócio para vender suco em pó
FURIA DA NATUREZA
Temporal com ventos de 102 km/h causou prejuízo de R$ 1,4 milhão
AUXÍLIO CAMINHONEIROS AUXÍLIO CAMINHONEIRO
PIX Caminhoneiro de R$ 2 mil: Governo paga benefício em DOBRO hoje; veja o motivo e como receber
AUXILIO CAMINHONEIRO
Caixa libera consulta ao Auxílio Caminhoneiro
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
OFERTAS: Segunda é dia de economizar nos produtos de limpeza e higiene pessoal no Mercado Julifran
FÁTIMA DO SUL - JORGE MERCADO
Semana do Dia dos Pais terá sorteio, veja as OFERTAS do Jorge Mercado Atacarejo em Fátima do Sul
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Semana começa com 3.417 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Assinado convênio para maior investimento da história do Hospital de Rio Brilhante
SORTUDOS
Navirai e Mundo Novo levam a quina da Mega-Sena