Menu
SADER_FULL
domingo, 29 de maio de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
DOURADOS - UNIGRAN

Curso de Pedagogia da UNIGRAN realiza 6º Seminário sobre Cultura Afro-brasileira

23 Nov 2021 - 08h03Por UNIGRAN DOURADOS

Na última sexta-feira, 18, o curso de Pedagogia da UNIGRAN realizou o 6ª Seminário de Extensão sobre a Cultura Afro-Brasileira. Produzido há seis anos, o evento é o fechamento da disciplina ‘Relações Étnico-raciais na Educação’ e coloca o acadêmico na prática de atividades vivenciadas no contexto educativo.

Durante o seminário, os acadêmicos do 6º semestre apresentaram trabalhos, conforme as temáticas contempladas na disciplina, e também participam de uma palestra, realizada na modalidade à distância.

A coordenadora do curso de Pedagogia, Elizabete Velter Borges, mencionou que “a importância e relevância está em contribuir no combate ao racismo na infância e idade escolar, bem como contribuir para que, de fato, a escola ou a Instituição de Educação Infantil, seja um lugar que eduque e oriente para as boas relações étnicas. Para tanto, é necessária uma formação de professores com conhecimento da temática para darem conta do enfrentamento necessário em sala com as crianças”.

A professora da disciplina e coordenadora do Seminário, Terezinha Bazé, ressaltou que a disciplina foi integrada ao currículo do curso, devido à Lei nº 10.639/2003, que trouxe a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura afro-brasileiro na formação de professores.

“Ela tem uma importância extraordinária na formação dos professores, porque a escola exerce um papel crucial na vida do homem, age como formadora de valores e, com isso, tem a capacidade e responsabilidade de proporcionar mudanças na mentalidade das pessoas e também contribuir para superar preconceitos e, para que isso de fato aconteça no contexto educacional, é preciso que o professor, enquanto agente conscientizador, agente transformador, crie na sala de aula um ambiente pleno, de diálogo cultural com todos os alunos que ali estão presentes neste contexto”, enfatizou Bazé.

Neste ano, o palestrante convidado foi o acadêmico de Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Pedro Henrique de Almeida Barreto, que ministrou o tema ‘Precisamos falar sobre personagens negros em desenhos animados’.

Os acadêmicos de Pedagogia apresentaram os trabalhos com os temas: ‘Desconstruindo o racismo na escola’; ‘A diferença entre igualdade e equidade’; ‘Práticas pedagógicas para estimular atitudes inclusivas e o respeito às diferenças’; e ‘Sugestão de como Trabalhar a Diversidade com Crianças na sala de aula (Índios’).

A disciplina e o Seminário sempre são ministrados durante o mês da Consciência Negra. “Esta data deve ser celebrada, deve ser refletida”, afirmou Terezinha. “É preciso utilizar o capital vivo do que é esta cultura dos alunos, para que, a partir dela, todos possam conhecer e melhorar cada um que está ali. A criança precisa ver a cultura dela presente na escola dela”, completou. 

Leia Também

CURSOS PROFISSIONALIZANTES EM JATEI
Cursos na área de beleza levam capacitação e esperança a reeducandas de Jateí
FASP 2022
Reinaldo Azambuja abre o Fasp 2022 destacando a latinidade que pulsa em Corumbá
PROCESSO SELETIVO
SAD convoca candidatos classificados nos processos seletivos da Fundtur, Sejusp
FOTO: UNIGRAN DOURADOS UNIGRAN DECOR 2022
UNIGRAN Decor 2022 abre as portas, revive lembranças e sensações, inspirando os visitantes
OLIMPÍADA DO FUTURO
O CEAM/AHS está na 2ª fase da Edição 2022 da Sapientia Olimpíada do Futuro
PESQUISAS UEMS NA ALEMANHA
Pesquisas da UEMS são aprovadas em evento que acontece na Alemanha
ENSINO EM RESIDÊNCIA
Câmara aprova ensino em casa, mas tema causa divergências
HOMOSSEXUAIS OU BISSEXUAIS
Em MS, 40 mil pessoas se declaram homossexuais ou bissexuais
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Governo investe R$ 6,5 milhões para reforma geral da Escola Roberto Scaff, em Anastácio
FOTO: UNIGRAN DOURADOS UNIGRAN DOURADOS
Ciências Contábeis: campanha orienta sobre declaração do Imposto de Renda