Menu
SADER_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
SÚPLICAS

COVID: Marquinhos mostra fervor religioso e Campo Grande tem ‘blindagem’

Mesmo com isolamento em baixa, Capital de MS é caso de sucesso brasileiro

12 Jun 2020 - 12h57Por Topmidia news

Uma cena se tornou comum aos sábados durante essa pandemia: o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, pedindo para que todo morador da cidade ore, ajoelhado, pela Capital no domingo. Se influencia, ou não, o caso é que o município é um verdadeiro caso de sucesso em todo o Brasil.

Não só aos sábados o prefeito mostra um verdadeiro fervor religioso. Basicamente todos os dias, ao se dirigir à Campo Grande, pede proteção Divina e apoio de todas as religiões. “Que Deus sare nossa terra”, costuma falar.

Para o alívio dos campo-grandenses, as ações não ficaram só no âmbito religioso. Campo Grande foi a primeira Capital brasileira a tomar rigorosas medidas contra o Sars-CoV-2, o novo coronavírus. Medidas desde o fechamento de comércio e rodoviária até a instalação de barreiras sanitárias nas entradas da cidade.

No fim das contas, hoje Campo Grande conta com 422 casos confirmados e oito óbitos pela doença. Disparada, é a melhor Capital brasileira em qualquer índice de comparação no que se refere ao combate à doença. Para se ter uma ideia, o País tem 711.696 contaminados e 37.359 mortos.

Como se diz no jargão esportivo: em time que está ganhando não se mexe. Acreditando ou não no Divino, como diz o prefeito: ‘nossa terra já está sendo curada’.

Deixe seu Comentário