Menu
BANNER IMPRESSORAS
quinta, 7 de julho de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
HOSPITAL DE CÂNCER CAMPO GRANDE

Com recursos do Governo do Estado, obra de ampliação do Hospital de Câncer está 85% concluída

17 Jun 2022 - 07h41Por Portal do MS

Com recursos do Governo do Estado, as obras de ampliação do prédio do Hospital de Câncer de Campo Grande Alfredo Abrão (HCAA) estão 85% concluídas. Após a conclusão, o HCAA irá triplicar a capacidade de atendimento à população.

Dos sete pavimentos, a previsão da diretoria do hospital é entregar em agosto o 1º, 2º e 3º andares do novo prédio, onde serão abrigados o Centro Cirúrgico, leitos de internação e as unidades de tratamento intensivo (UTI). A estimativa é que os outros pavimentos sejam concluídos até dezembro. 

O diretor-presidente do Hospital de Câncer Alfredo Abraão, Amilcar Silva Júnior, explica que as obras estão avançadas e após a conclusão, o hospital terá sua capacidade de atendimento ampliada. "Com o apoio do Governo do Estado, vamos ampliar para 202 leitos de internação, "disse.

O Governo do Estado investiu R$ 37 milhões na reforma e ampliação do Hospital do Câncer. Foram R$ 15 milhões para auxiliar no término do subsolo e térreo do prédio, R$ 6 milhões aparelhos de ar-condicionado de última geração com tecnologia HEPA (High Efficiency Particulate Arrestance) e R$ 16 milhões para a conclusão dos demais andares. 

Com área total de 10.340,3925 metros quadrados, o novo prédio do HCCA, anexo à construção antiga, terá sete andares com vinte leitos de UTI oncológicos, oito salas de cirurgia, 90 novos leitos de internação de adultos e dois andares exclusivos para o atendimento da oncologia pediátrica, com dez leitos de transplante de medula óssea e cinco leitos de UTI infantil.

O Hospital do Câncer tem caráter filantrópico, beneficente e sem fins lucrativos, sendo o único hospital totalmente voltado para o tratamento do câncer no Estado, atendendo 98% de pacientes regulados pelo SUS e realizando uma média mensal de 1.200 tratamentos clínicos, 150 cirurgias oncológicas e atendimento de 450 pacientes em radioterapia.

Com apoio do Estado, o subsolo e o térreo do prédio entraram em funcionamento no final de 2016. No subsolo do Hospital funciona o Setor de Imagens (Tomografia, Raio X, Mamografias, Ultrassom), Radiologia Intervencionista, Farmácia de apoio, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), descanso médico e demais dependências de apoio.

No térreo, são prestados serviços de ambulatório médico, com 16 consultórios, nos quais atuam os profissionais médicos e a equipe multiprofissional, com uma média de 1.500 consultas ambulatoriais/mês em atenção especializada.

Após a conclusão de todo o prédio, o 1º andar abrigará o Centro Cirúrgico e CME: 8 salas cirúrgicas e 9 leitos de recuperação. No 2º andar vão funcionar 20 leitos de UTI adulto. Já o 3º, 4º e 5º andares serão para internação de adultos, com 32 leitos por andar 96 no total.

O 6º Andar será para internação pediátrica, com 27 leitos infantis. E no 7º andar funcionarão o ambulatório, a quimioterapia e as UTI's pediátricas. Serão cinco leitos e 12 poltronas para quimioterapia das crianças.

Airton Raes, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

 

Leia Também

VAZIO SANITÁRIO
Plantio da soja em Mato Grosso do Sul segue proibido até o dia 15 de setembro
COVID-19 NO MS
MS confirma mais 19 óbitos por covid, a maioria em Campo Grande
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
AGEMS inicia a inédita fiscalização da inspeção de segurança veicular e será referência no Brasil
MORTE A ESCLARECER
Homem morre de hemorragia após vidro de porta atingir artéria em Rio Brilhante
LIÇÕES DA BIBLIA
Crisóis do pecado
(Fotos: Ranziel Oliveira) FATALIDADE
Rapaz de 22 anos morre engasgado com uva na frente da mãe em MS
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 158 óbitos e 37.784 casos em 24 horas
LIÇÕES DA BIBLIA
Surpresas
LUTO NA MÚSICA
Eduardo, dupla de Henrique, morre em acidente de carro em MS
HORTAS SOCIAIS
Hortas sociais instaladas por detentos de Jardim transformam realidade de escolas