Menu
SADER_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
CNH SOCIAL GRATUITA

CNH Social: confira requisitos para obter o documento de forma gratuita em MS em 2022

13 Jan 2022 - 13h34Por Midiamax

O programa CNH MS Social começa a valer esse ano e tem como objetivo custear o processo de habilitação para moradores de Mato Grosso do Sul. Para ser beneficiado o cidadão deve se enquadrar em alguns critérios já definidos pelo Governo Estadual.

O projeto vai cobrir todos os gastos até a retirada da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), incluindo as 20 aulas práticas e as 45 teóricas exigidas, exames médico e psicológico e as taxas, que custa em média R$ 2.860,00, segundo a diretora de Educação para o Trânsito do Detran/MS, Elijane Coelho.

Para ser beneficiário do programa, o candidato deverá estar em situação de vulnerabilidade social, inscrito no CadÚnico (Cadastro Único) do Governo Federal, possuir renda per capita de até 1/2 salário mínimo ou renda total mensal de até 2 salários mínimos, e residir em Mato Grosso do Sul há, no mínimo, dois anos.

Cinco por cento das vagas para a primeira habilitação serão destinadas a Pessoas com Deficiência (PcD). A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) será responsável por verificar a situação de vulnerabilidade social dos beneficiários.

Não poderá ser contemplado quem tiver cometido crimes na condução de veículo, com sentença penal condenatória transitada em julgado, e quem teve a CNH ou a Permissão para Dirigir cassada, ou que deseje transferir processo de habilitação iniciado em outra unidade da federação.

De acordo com o governador, Reinaldo Azambuja, o projeto deve beneficiar cerca de 5 mil pessoas ao ano, “além de movimentar a prestação de serviços por médicos, psicólogos e, principalmente, por Centros de Formação de Condutores”, explicou.

O diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade Junior, destacou que, além do viés social, o projeto traz qualificação e melhora o trânsito. “Hoje em dia um dos maiores riscos de acidentes que nós temos é a condução de pessoas não habilitadas, principalmente motociclistas”.

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) explicou, por meio de sua assessoria, que ainda será definido o processo de inscrição para o recebimento do benefício, ainda será decidido se haverá inscrição online, presencial ou seleção automática.

Leia Também

FOTO: SUBCOM AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para ampliar investimentos na fronteira, Governo vai construir novas pontes em Porto Murtinho
BARBA entrega os pedidos nas mãos da Senadora Simone Tebet, sendo observado pelo prefeito de Vicentina, Marquinhos do Dedé CULTURAMENSE TRABALHANDO
Barba entrega para Senadora, pedido de R$ 200 mil para o SIAS, sistema 5G e caminhão para Culturama
Subcom  Subsecretaria de Comunicação NOVIDADES NA MÚSICA
Dupla sertaneja Wilson e Cristiano é nova promessa de sucesso de Mato Grosso do Sul
UNIGRAN BORA TRABALHAR NA UNIGRAN
UNIGRAN contrata profissionais de diferentes áreas, confira
LUTO NA PM
PM emite nota de pesar pela morte do Oficial Fátimassulense encontrado sem vida em hotel
Raquel dos Passos - SAD PROCESSO SELETIVO SES/AGEPEN
SAD divulga inscrições deferidas e indeferidas em processo seletivo da SES/Agepen
DEODÁPOLIS - AVANÇO DA COVID-19
Em novo boletim, casos positivos de Covid passam de 180 em Deodápolis
Fotos: Monique Alves MAIS SOCIAL
Mais Social avança e programa ganha cinco carros novos na Capital
Com o prefeito de Ponta Porã, Hélio Peluffo, a deputada estadual Mara Caseiro falou sobre a importância da restauração do Castelinho para a Cultura de Mato Grosso do Sul AÇÕES DEPUTADA MARA CASEIRO
Servidores da FCMS destacam empenho de Mara Caseiro na restauração do Castelinho, em Ponta Porã
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
Com 02 na UTI, casos de Covid sobem para 146 positivos em Fátima do Sul