Menu
SADER_FULL
quinta, 30 de junho de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
VIOLENCIA DOMESTICA

Avós são acusados de agredir netos de 4 e 7 anos com pedaço de pau em MS

A menina disse que já apanhou de pedaço de pau, lixa de pé e cinto.

13 Abr 2022 - 10h06Por Campo Grande News

Dois irmãos, de 4 e 7 anos, denunciaram maus tratos por parte dos avós maternos e da mãe, no bairro Arnaldo Estevão de Figueiredo, em Campo Grande. Imagens mostram hematomas nas pernas de um dos garotos e cortes. Em uma delas é possível ver um ferimento com sangue. As crianças ficavam na casa dos avós, enquanto a mãe trabalhava.

De acordo com informação da titular da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), Fernanda Félix, inquérito será instaurado nesta semana e todas as partes serão ouvidas. O Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) pediu 45 dias para entregar o relatório completo sobre as agressões.

Ainda segundo a delegada, as duas crianças passaram por atendimento psicossocial. O menino de 4 anos não conseguiu falar nada por conta da idade, já a menina confirmou que a agressão por parte da avó.

Segundo o site Campo Grande News, a menina disse que já apanhou de pedaço de pau, lixa de pé e cinto. Questionada sobre o motivo das agressões, ela disse à psicóloga que “tinha que ficar o dia todo sentada, quietinha”.

O pai das crianças, um vendedor de 35 anos, é separado da mãe delas há oito meses e registrou um boletim de ocorrência no dia 21 de março por maus-tratos. Até o dia 4 de abril, as crianças estavam com medidas protetivas de urgência. Nesse período, o casal ficou sob a responsabilidade do pai, mas quando a ordem de afastamento foi revogada, o pai relata que a mãe invadiu a casa da babá e levou as crianças. Desde então, ele luta na Justiça pela guarda dos filhos.

Além dos relatos de maus-tratos por parte dos avós, o registro policial relata agressões do tio das crianças. A menina disse ao pai que sofria beliscões e puxões de cabelo, já o irmão era colocado de cabeça para baixo. O avô das crianças, com quem elas passam a maior parte do tempo tem sete passagens por violência doméstica. 

 

Leia Também

MONSTRUOSIDADE
Mulher esconde filho morto de 3 anos dentro de um freezer
FOTO: CHICO RIBEIRO AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo amplia vagas no concurso da PCMS e convoca aprovados para posse
RESSARCIMENTO
Lei garante R$ 453 milhões de crédito para consumidores de energia em MS
ACIDENTE FATAL
Morador de Dourados morre e pai de vereador fica ferido em acidente no Mato Grosso
SEGURANÇA
Presídio de Amambai amplia sistema de câmeras e garante reforço na segurança 24 horas por dia
INIMIGO INTIMO
Jovem sai para encontro, mas é morta e enterrada na casa do assassino
FRONTEIRA DA MORTE
Seis homens e um menor estão entre mortos após confronto nesta quarta-feira na fronteira
TIROTEIO EM DOURADOS
Homem morre e jovem fica ferido em tiroteio em Dourados
PAI MONSTRO
Pedófilo estuprava menina de 13 anos e dizia: É normal entre pai e filha
SURTO PSICÓTICO
Mulher que desapareceu após se despedir da família volta para casa