Menu
SADER_FULL
segunda, 8 de agosto de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
AUXÍLIO EMERGENCIAL

Auxílio emergencial 2021: calendário do mês de outubro revelado, confira

1 Out 2021 - 20h49Por Ester Farias / Notícias e Concursos

Governo Federal já liberou o calendário da extensão do auxílio emergencial 2021. De acordo com o cronograma, no dia 20 de agosto começou os depósitos da 5ª parcela do programa para o público geral e no dia 1º de setembro os saques e transferências.

Após o fim dos pagamentos da prorrogação do auxílio, previsto para o dia 19 de novembro, o Governo pretende lançar o novo programa social. Ou, ainda, há uma possibilidade de extensão do benefício até o ano de 2022.

Com relação ao pagamento da 6ª parcela do auxílio emergencial, os pagamentos começaram no dia 21 de setembro e os saques começam já na próxima segunda-feira, 04 de outubro. Já a 7ª parcela, está prevista para ser depositada a partir do dia 20 de outubro, com o início dos saques em 1º de novembro.

Os valores distribuídos na prorrogação serão os mesmos repassados durante os pagamentos deste ano, iniciados no mês de abril. Sendo assim, R$ 150 para pessoas que moram sozinhas, R$ 250 para famílias com mais de um integrante e R$ 375 para mulheres chefes de famílias monoparentais.

Calendário para o Bolsa Família

Para os beneficiários do Bolsa Família, as datas das novas parcelas já estão disponíveis, sendo elas também para os meses de agosto, setembro e outubro. Todavia, vale ressaltar que para este grupo os saques são imediatos, ou seja, os segurados do BF podem resgatar o seu benefício em espécie no mesmo dia em que é depositado.

Confira:

Nº final do NIS 5ª parcela 6ª parcela 7ª parcela
NIS 1 18 de agosto 17 de setembro 18 de outubro
NIS 2 19 de agosto 20 de setembro 19 de outubro
NIS 3 20 de agosto 21 de setembro 20 de outubro
NIS 4 23 de agosto 22 de setembro 21 de outubro
NIS 5 24 de agosto 23 de setembro 22 de outubro
NIS 6 25 de agosto 24 de setembro 25 de outubro
NIS 7 26 de agosto 27 de setembro 26 de outubro
NIS 8 27 de agosto 28 de setembro 27 de outubro
NIS 9 30 de agosto 29 de setembro 28 de outubro
NIS 0 31 de agosto 30 de setembro 29 de outubro

Calendário do auxílio emergencial 

Auxílio Emergencial 2021: parcela 7 – movimentação app Caixa Tem 

  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  janeiro  / 20 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  fevereiro / 21 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  março  / 22 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  abril  / 23 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  maio  / 23 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  junho  / 26 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  julho  / 27 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  agosto  / 28 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  setembro  / 29 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  outubro  / 30 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  novembro  / 30 de outubro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  dezembro  /  31 de outubro

Auxílio Emergencial 2021: parcela 7 – saque em espécie

  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  janeiro  / 1º de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.: fevereiro / 3 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  março  / 4 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  abril  / 5 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  maio  / 9 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  junho  / 10 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  julho  / 11 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  agosto  / 12 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  setembro  / 16 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  outubro  / 17 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.:  novembro  / 18 de novembro
  • Mês de nascimento do cidadão beneficiário e data de pag.: dezembro  /   19 de novembro

Prorrogação do auxílio emergencial em 2021

Devido a dificuldade encontrada para encaixar o novo programa social, Auxílio Brasil, no Orçamento de 2022, o Governo Federal não descarta a possibilidade de uma nova prorrogação para o Auxílio Emergencial. O novo Bolsa Família é a aposta do presidente da república, Jair Bolsonaro, para a sua reeleição no próximo ano. Além disso, o chefe do estado pretende desvincular a política social do governo do ex-presidente Lula.

A possibilidade da nova prorrogação foi confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro na última terça-feira (28). Segundo o chefe do Executivo, o Brasil é um país rico e pode atender “os mais necessitados por mais tempo”.

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
OFERTAS: Segunda é dia de economizar nos produtos de limpeza e higiene pessoal no Mercado Julifran
FÁTIMA DO SUL - JORGE MERCADO
Semana do Dia dos Pais terá sorteio, veja as OFERTAS do Jorge Mercado Atacarejo em Fátima do Sul
AUXILIO BRASIL
Governo amplia Auxílio Brasil e mais 23,7 mil famílias vão receber em MS
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Semana começa com 3.417 vagas de emprego em Mato Grosso do Sul
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Assinado convênio para maior investimento da história do Hospital de Rio Brilhante
SORTUDOS
Navirai e Mundo Novo levam a quina da Mega-Sena
DEFESA CIVIL
Miranda do MS e mais 7 cidades vão receber R$ 3,4 milhões após desastres
VICENTINA - MAIS EMPREGOS CHEGANDO VICENTINA - MAIS EMPREGOS CHEGANDO
Mais 400 empregos chegando, fruto do trabalho do Prefeito com apoio do Governo de MS em Vicentina
FOTO: SENZANO / ASSESSORIA FÁTIMA DO SUL - PORTAL DAS ÁGUAS
Venda de lotes no Portal das Águas continua aquecida em Fátima do Sul
MINERAÇÃO
Investimentos das mineradoras no MS devem superar R$ 5 bilhões nos próximos dois anos