Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 6 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
AUXÍLIO BRASIL

Auxílio Brasil tem valor de R$ 400 confirmado; veja quem vai receber

21 Out 2021 - 16h19Por Aécio de Paula / Notícias e Concursos

O Ministro da Cidadania, João Roma, revelou que o valor mínimo do Auxílio Brasil será mesmo de R$ 400. Depois de muita confusão em torno do tema, parece que o Governo Federal chegou e um acordo entre as mais variadas partes. Agora falta só explicar como vai ser possível pagar esse aumento.

Veja também: Auxílio emergencial: Pagamento da 7ª parcela não deve ser o último

Na declaração, Roma preferiu não dar muitos detalhes. Assim como o Presidente Jair Bolsonaro fez mais cedo, ele apenas confirmou que o novo programa vai pagar R$ 400 por mês. Isso é um aumento maior do que vinha sendo especulado nas últimas semanas. Acabou sendo, portanto, foi uma surpresa para muita gente.

Roma disse apenas que o programa vai ser formado por duas partes. A primeira é a questão do benefício fixo de R$ 300. De acordo com ele, esse dinheiro vai ser pago de maneira direta sem nenhum tipo de cancelamento depois. Será portanto um valor base que todo mundo deve receber.

Além disso, os usuários passarão também a receber um segundo benefício. Será de R$ 100 e este sim, será temporário. Ainda de acordo com o Ministro da Cidadania, essa nova bonificação vai valer apenas até o final do ano de 2022. Vai acabar logo depois das eleições presidenciais do próximo ano.

Então na prática, os beneficiários deste novo Bolsa Família irão receber R$ 400 até o final do ano de 2022. Depois disso, eles voltam, portanto, para o patamar de R$ 300. Há quem diga que o Governo do Presidente Jair Bolsonaro esteja usando essa manobra para conseguir votos nas eleições presidenciais do próximo ano.

Fim do Auxílio Emergencial

Nesta mesma entrevista, o Ministro da Cidadania confirmou ainda uma outra informação. De acordo com ele, o Governo Federal desistiu da ideia de prorrogar o Auxílio Emergencial por mais alguns meses. E isso acabou gerando polêmica.

Segundo o calendário oficial do programa, o Governo Federal está fazendo neste mês de outubro, os repasses da 7ª e última parcela do projeto em questão. Algo em torno de 35 milhões de pessoas recebem o dinheiro do benefício.

Nesta quinta-feira (21), por exemplo, é a vez dos usuários nascidos em fevereiro receberem esse dinheiro. A quantia está na conta digital deles desde as primeiras horas da manhã. Além disso, os beneficiários do Bolsa Família que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) terminando em 4 também podem receber essa quantia.

Mais de 25 milhões sem nada

A decisão de não prorrogar o Auxílio Emergencial por mais alguns meses certamente vai ter impacto na vida de milhões de brasileiros. Isso vai acontecer porque sozinho, o novo Bolsa Família não vai conseguir atender todas essas pessoas.

E quem confirmou isso foi o próprio Ministro da Cidadania, João Roma. Há cerca de 2 semanas, ele disse que sem a prorrogação do Auxílio Emergencial, algo em torno de 25 milhões de brasileiros que hoje recebem alguma ajuda do Governo passarão a ficar sem nada a partir de novembro.

Quando deu essa declaração, Roma disse que o Palácio do Planalto estava buscando meios para ajudar essas pessoas. Só que depois disso, ele não falou mais no assunto. Então agora é esperar para saber o que vai acontecer com esses cidadãos a partir de novembro.

Leia Também

Foto: Chico Ribeiro HONRARIAS
Governador recebe honraria do Poder Judiciário em reconhecimento aos serviços prestados a MS
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governador entregou obras, reduziu tarifas e lançou nova Caravana da Saúde nesta semana
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pela primeira vez na história, oficiais da Polícia Militar são formados em Mato Grosso do Sul
EMPOSSADO
Eduardo Rocha assume secretaria de Governo de Reinaldo Azambuja
13º SALÁRIO
13° salário: Servidores públicos recebem 2ª parcela em 10 de dezembro
Ilustrativa/Pixabay OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Seleção com salários de até R$ 6 mil fecha inscrições nesta sexta-feira em MS
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Prefeitos destacam que Nova Caravana vai atender quem mais precisa e contribuir com a saúde
FOTO: SUBCOM AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Depois de reduzir tarifa de água, governo de MS derruba em 20% no valor das taxas do Detran
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Nova Caravana da Saúde tem R$ 120 milhões para exames e cirurgias
DEPUTADO BARBOSINHA AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Com apoio de Barbosinha projeto que cria Polícia Penal em MS é aprovado na CCJR